Crippa cobra efetivação do Programa de Atividade Delegada em Catanduva

PTB Notícias 10/02/2014, 8:12


O presidente da Câmara de Catanduva (SP), vereador Marcos Crippa (PTB), cobrou do Executivo a efetivação do Programa de Atividade Delegada no município.

Por meio de requerimento, o parlamentar cita que depois de estudos e discussões em torno do projeto de lei que tratou da autorização para o Poder Executivo criar a gratificação por desempenho de Atividade Delegada para a Polícia Militar por meio de convênio a ser celebrado com o Estado de São Paulo, aprovado no dia 12 de novembro do ano passado, o programa já deveria estar em vigor.

Ainda conforme Crippa, os resultados alcançados nos municípios paulistas onde esta operação é realidade são consideráveis, cuja iniciativa permitiu reduções da criminalidade que chegaram a 60%.

“Ao se tratar deste assunto é fato que a sociedade aprova, apresenta boas perspectivas e aumenta a sensação de segurança na cidade.

Aos policiais militares proporciona-se a oportunidade de ampliarem seus salários, a exemplo do que já vem ocorrendo em outras cidades do Estado”, afirma.

O presidente da Câmara de Catanduva ainda informa sobre a implantação.

“O processo para implantação da Atividade Delegada nos municípios é dividido em etapas, que compreendem a aprovação da Lei autorizando o Poder Executivo a criar uma gratificação por desempenho da Atividade Delegada para a Polícia Militar, como já ocorreu, depois a Celebração do Convênio com a Polícia Militar, e por fim a elaboração de um Plano de Ação Integrado”, informa.

Ainda de acordo com o documento, o vereador quer informações sobre as dificuldades que podem ocorrer e se já está sendo efetivado o plano de ação integrado.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal O RegionalFoto: Divulgação