Crise na saúde em Bagé (RS) é tema de discurso do Vereador Divaldo Lara

PTB Notícias 11/10/2013, 18:44


Durante manifestação na tribuna da Câmara de Bagé (RS) e com a presença dos líderes dos agentes comunitários de saúde nas galerias, o Vereador Divaldo Lara (PTB) chamou atenção para a matéria publicada no jornal Zero Hora que trata da crise na saúde de Bagé.

A matéria, intitulada “Bagé demite quase metade dos médicos” inclui depoimento do vereador criticando a medida drástica em demitir agentes de saúde e médicos.

Divaldo Lara ressalta que a Prefeitura teve quatro anos para realizar concurso público e aprovar novos contratos antes de demitir os funcionários como foi feito, por decreto e de forma repentina.

Divaldo Lara atribui o acontecido à uma gestão equivocada, que permite atos administrativos como esse, que primeiro demite para depois procurar providências, deixando o cidadão à margem da saúde no município, além de deixar esses funcionários sem perspectivas de receberem seus direitos.

Com dados do Tribunal de Contas do Estado em mãos, o vereador ainda alerta que Bagé encontra-se entre os 3 municípios que menos investem em saúde no Estado.

Dos 496 municípios, Bagé se encontra em 494 no ranking de investimentos, ocupando o penúltimo lugar.

“Como resultado deste baixo investimento temos funcionários da saúde sem o reconhecimento de seu trabalho pela administração, visto que os demitidos não têm previsão para recebimento dos seus direitos indenizatórios e, na outra ponta, o cidadão que têm o direito, mas não encontra o acesso a uma saúde satisfatória no município”, diz o vereador lembrando também que, muitas vezes os pacientes vêm à óbito sem que consiga realizar seus exames.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do vereador Divaldo Lara