Cristiane Brasil anuncia 1° Seminário de Lideranças Femininas na Política

PTB Notícias 18/03/2008, 17:33


“Hoje a participação das mulheres na política nacional não é proporcional à divisão natural dos gêneros na sociedade.

Por isso precisamos investir nossos esforços para integrar as mulheres à construção de nossa agremiação.

Em busca dessa mobilização, o PTB Mulher, a partir deste ano de 2008, vai começar a treinar a sua “Tropa de Batom”, para ampliar essa participação feminina na tomada de decisões tanto no partido quanto no País”.

Colocando como ponto de partida esta diretriz, a presidente nacional do PTB Mulher, vereadora Cristiane Brasil, anuncia a realização, a partir do próximo dia 29 de março, do 1° Seminário de Lideranças Femininas na Política.

Promovido pela Fundação Instituto Getúlio Vargas (FIGV), o seminário tem como objetivo incentivar a participação feminina na política em todo o território nacional, através da conscientização de valores éticos e morais inerentes à vida política nacional, estabelecendo como foco a importância das mulheres contribuírem cada vez mais com o amadurecimento democrático do País.

O seminário, que é voltado para o público feminino em geral, pretende transformar as mulheres em disseminadoras da dinamicidade política na sociedade brasileira, a partir da sua participação ativa na vida política, assim como de seu espírito de liderança, lealdade com o ideário do partido e capacidade de multiplicar o treinamento que será oferecido.

“As mulheres que participarão do nosso seminário assumirão o compromisso de serem propagadoras dos ideais trabalhistas, assumindo tarefas e demonstrando sua responsabilidade com o partido”, afirmou Cristiane Brasil.

O 1° Seminário de Lideranças Femininas na Política será realizado em quatro etapas.

A abertura acontecerá no dia 29/3, na cidade de Teresina, capital do Piauí.

A segunda etapa do Seminário acontecerá no dia 05/4, em Porto Alegre.

A terceira etapa será realizada em São Paulo, no dia 11/4, e o encerramento ocorrerá no dia 19/4, na cidade do Rio de Janeiro.

Em todas as etapas serão realizadas palestras, debates, dinâmicas de grupo, com o objetivo de identificar entre as participantes as que reúnem maiores condições de se tornarem multiplicadoras, em seus estados, do trabalho de ampliar a participação da mulher na política.

Em cada etapa serão eleitas cinco representantes estaduais, que participarão do grande encerramento no Rio de Janeiro, nos dias 20 e 21 de abril.

A primeira etapa do Seminário, a ser realizada no dia 29/3, no Piauí, será aberta pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson.

O evento contará também com a presença do presidente do Diretório Estadual do PTB no Piauí, senador João Vicente Claudino, da presidente nacional do PTB Mulher, Cristiane Brasil, da presidente do PTB Mulher no Piauí, Rita Leite, além de lideranças petebistas no Estado.

Após a abertura, será proferida palestra do professor Izidro Fortaleza, que falará sobre o atual cenário político feminino nacional.

A segunda etapa do Seminário, que será realizada no dia 05/4 em Porto Alegre (RS), terá a participação do presidente do Diretório Estadual gaúcho, Elói Guimarães, do senador Sérgio Zambiasi, da presidente do Diretório Estadual do PTB Mulher no Rio Grande do Sul, Tânia Reckziegel, da vice-presidente do PTB Mulher Nacional, Marli Iglesias, e da presidente do PTB Mulher do Piauí, Rita Leite.

Já a terceira etapa, que será realizada no dia 11/4 em São Paulo, contará com a participação da presidente do PTB Mulher de São Paulo, Marlene Campos Machado, assim como do presidente do Diretório Estadual do PTB, Campos Machado.

A última etapa do 1° Seminário de Lideranças Femininas na Política ocorrerá no Rio de Janeiro, com a participação da presidente do Diretório Estadual do PTB no Rio, Cristiane Brasil.

Nesta última etapa, serão escolhidas 75 representantes, que se juntarão às outras 15 eleitas nas três etapas anteriores, para formar a “Tropa do Batom”, um grupo de mulheres petebistas que terá a missão de mobilizar outras mulheres em seus estados para se agregarem à luta política empreendida pelo Partido Trabalhista Brasileiro.

Agência Trabalhista de Notícias