Cristiane Brasil nega ter feito propaganda ilegal e diz confiar na Justiça

PTB Notícias 26/10/2014, 15:53


A deputada federal eleita pelo Estado do Rio de Janeiro e Presidente Nacional do PTB Mulher, Cristiane Brasil, negou veementemente que tenha praticado qualquer crime eleitoral neste domingo de eleições.

Cristiane salienta que não infringiu qualquer norma ou que tenha exercido prática ilegal de boca de urna enquanto estava exercendo seu direito ao voto.

A deputada eleita frisa que sofreu constrangimento ao ter seu exercício de voto confundido com campanha irregular.

Leia abaixo a declaração da deputada federal eleita e Presidente do Mulher, Cristiane Brasil, em que lamenta o ocorrido e nega que tenha praticado qualquer ato ilegal: “Hoje, já eleita Deputada Federal, com a maior votação de minha carreira e aprovação do povo do Rio de Janeiro, passei pelo constrangimento de ter meu direito ao voto confundido com a prática ilegal da boca de urna, ato que jamais pratiquei, nem em minha própria campanha.

Fui votar no bairro onde moro há anos, encontrei 2 pessoas amigas no caminho e fomos abordados pela polícia.

Meus amigos deixaram imediatamente suas bandeiras e, mesmo assim, nos dirigimos pacificamente a delegacia, para esclarecimentos.

Francamente penso que a democracia é maior que isso.

Confio na justiça e sei que esse é um momento que passará em breve, com a vitória de governantes capazes de fazer a mudança que o Brasil precisa.

Eu estarei ao lado deles, participando ativamente – e dentro da lei – desse país que todos queremos construir”, disse Cristiane Brasil.

Agência Trabalhista de Notícias