Cristiane Brasil protesta contra fechamento do abrigo Cristo Redentor

PTB Notícias 10/03/2008, 10:59


Leia aqui comentário da vereadora Cristiane Brasil, presidente do PTB Mulher e da Comissão do Idoso da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, publicado em seu site na internet no último sábado (08/3):Fechamento do abrigo Cristo Redentor: idosos carentes como mercadoriaPor Cristiane BrasilO Estatuto do Idoso completou quatro anos, mas, a legislação que deveria garantir melhoria de qualidade de vida da parcela da população que mais cresce no País, continua sendo desrespeitada a cada dia.

Um dos pontos do Estatuto especifica a responsabilidade do Estado no amparo ao idoso carente e abandonado, que só sobrevive graças a existência dos asilos públicos.

No Rio, uma instituição histórica é referência nacional no trato do idoso com este perfil, trata-se do Abrigo Cristo Redentor, que por 71 anos, presta um serviço social importantíssimo, pois dá atendimento médico, além de dignidade e sentimento de cidadania, a cerca de 300 idosos, alguns com mais 90 anos.

Localizado numa ampla área em Bonsucesso, Zona Norte, o Abrigo Cristo Redentor é uma instituição federal, administrada pela prefeitura do Rio, que, para tal, recebe cerca de R$ 3 milhões anuais da União.

No início deste ano, a prefeitura resolveu fechar a instituição até junho, mascarando o despejo dos velhinhos do Abrigo Cristo Redentor, com a implementação de um programa de adoção de idosos, no qual oferece uma ajuda mensal – de R$ 550 a R$900 – para a família que se habilitar no processo de adoção.

No lugar do abrigo, a prefeitura planeja construir a Cidade da Assistência Social, um complexo de serviços voltados principalmente para crianças e adolescentes.

Mas, a pergunta que se faz é: como uma família teria condições para cuidar de alguém, com mais de 80 anos, totalmente dependente de assistência médica especial, já que este é o perfil da maioria dos internos do abrigo? E alguém ouviu os idosos, já que vivem lá há mais de vinte anos?Para quem conhece a realidade daqueles idosos, sabe que muitos são deficientes físicos e mentais, alguns vivendo acamados, precisando de ajuda até para as necessidades básicas de higiene e alimentação.

E não é possível que haja alguma família com todos os recursos especiais necessários a manterem a vida dessas pessoas com o mínimo de dignidade.

Visando resguardar os direitos daqueles que deveriam merecer o mínimo respeito do Poder Público e da sociedade eu os esqueceu, a Câmara de Vereadores, através da Comissão do Idoso, solicitou informações sobre os reais motivos que levaram à prefeitura a fechar o Abrigo Cristo Redentor, pois não é se eximindo de responsabilidade que se resolve o problema.

Há muitas respostas a serem respondidas pela Prefeitura, para que uma proposta desta possa ser entendida e aceita pela sociedade.