Cristiano Araújo propõe modelo de gestão do Sarah para saúde pública do DF

PTB Notícias 25/09/2014, 7:46


O Distrito Federal é pioneiro na implantação da Rede Sarah de Hospitais, cuja primeira unidade foi construída em Brasília.

São nove hospitais de reabilitação exemplares espalhados pelo país.

Dispõem de equipamento técnico de primeira linha, de profissionais brasileiros e estrangeiros de altíssimo nível e um serviço de excelência.

Este é o modelo de assistência médica que o deputado distrital Cristiano Araújo (PTB) propõe para todo o DF.

A Associação das Pioneiras Sociais (APS), entidade de serviço social autônomo, de direito privado, e sem fins lucrativos, é a instituição gestora da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação.

Esse é o modelo de sucesso, segundo Cristiano.

“O que falta no DF é gestão.

Eu mesmo ajudei na contratação de novos servidores, mas o sistema público não melhora.

É preciso adotar um sistema que tenha por base e fundamento produtividade, eficiência e respeito pelo bem público.

Pelos menos as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) deveriam ser gerenciadas desta forma.

O exemplo do Sarah é espetacular e está junto a nós.

Não falta médico, material e nem aparelho.

O governo disponibiliza a verba e a empresa executa o serviço, que é de primeira”, destaca o deputado.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do deputado Cristiano Araújo (PTB-DF) Foto: Divulgação/Assessoria