Delcídio do Amaral inicia encontros com lideranças para formação de chapas em Mato Grosso do Sul

Agência Trabalhista de Notícias 16/03/2020, 9:22


Imagem Crédito: Leonardo de França/Midiamax

Com pretensão de lançar 21 candidatos a prefeito nas eleições municipais de 2020, o PTB de Mato Grosso do Sul quer firmar aliança nas demais cidades do Estado. O projeto é defendido pelo presidente regional do partido, ex-senador Delcídio do Amaral, que, na quinta-feira (12), iniciou agenda intensiva de conversa com lideranças para a formação das chapas de prefeitos, vereadores e composições para o pleito deste ano.

“Estamos tendo uma postura muito pé no chão. Onde não for possível lançar um majoritário, vamos apoiar candidatos afinados com o que o PTB deseja apresentar para a população”, adiantou Delcídio. De acordo com o dirigente, a intenção é terminar o período de janela partidária com as composições definidas.

Na sede do PTB em Campo Grande, na quinta-feira (12), o petebista recebeu cerca de 20 lideranças. “Nós vamos até o apagar das luzes, que é 3 de abril, o limite da janela partidária, das filiações. E pretendendo, dentro do possível, já construir as alianças que vão disputar as eleições nos municípios”, explicou.

A intenção é formar vereadores por todo Mato Grosso do Sul, criando uma base consistente para articular a política local com vistas às eleições de 2022. Delcídio do Amaral destaca, contudo, a dificuldade para a formação de chapa em determinadas localidades. “Essa é a primeira eleição depois de anos e anos em uma situação muito mais difícil. Eleição mais difícil que existe é a de vereador”, avaliou.

Com informações do Midiamax