Deputada Liziê Coelho defende distribuição de Kit de Higiene Bucal

PTB Notícias 28/03/2012, 6:50


A deputada estadual Liziê Coelho (PTB-PI) apresentou à Assembleia Legislativa do Estado do Piauí projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade do Poder Estadual de conceder um Kit de Higiene Bucal para as pessoas atendidas pela Farmácia Básica.

Segundo a deputada, o Piauí é um dos Estados do País com os piores índices de acesso a tratamento odontológico, sofrendo com problemas graves decorrentes da falta de higiene bucal adequada.

De acordo com o projeto, o kit de higiene bucal deverá ser composto de uma escova de dente, um fio dental e um creme dental com flúor.

A entrega do kit será de responsabilidade das secretaria estadual de Saúde e Educação, que farão a distribuição no início do ano letivo nas escolas da rede pública.

O projeto incentiva ainda a realização de convênios com órgãos municipais, federais, empresas públicas e associações sem fins lucrativos, com o objetivo de adquirir e viabilizar o fornecimento do kit de higiene bucal.

A falta de higiene bucal é um problema grave no nosso Estado.

Ele não se restringe apenas a uma questão de higiene, mas também, de saúde pública.

Problemas graves como doenças periodontais, a gengivite, que podem levar a câncer de boca são resultado desse problema, disse.

Dos problemas que comprometem a saúde bucal, a cárie é o mais comum no País.

Levantamentos epidemiológicos já comprovam que este é o mal de maior incidência entre crianças e adolescentes de países latino-americanos e o grande responsável pela dor, pelo desconforto, pelo mau hálito, pela perda dos dentes e focos dentários.

A parlamentar lembra que a melhor forma de evitar esses problemas seria se todo cidadão tivesse acesso regulamente ao dentista.

O direito à saúde está definido como garantia social, mas infelizmente em nosso Estado esse acesso ainda é muito difícil para algumas pessoas.

Esse projeto também serve para educar nossas crianças e conscientizá-las da importância de cuidar da higiene bucal, declarou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal da Assembleia Legislativa do Piauí