Deputado Arnaldo Faria de Sá defende fim imediato do fator previdenciário

PTB Notícias 7/05/2014, 13:24


O fator previdenciário provoca perdas de até 40% na aposentadoria dos homens, e no caso das mulheres, o prejuízo pode chegar a 50%, por causa de uma maior expectativa de vida.

De acordo com a Rádio Câmara, o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) defendeu o fim imediato do fator previdenciário.

O parlamentar criticou o argumento de que a previdência brasileira está quebrada.

Arnaldo frisou que pesquisa da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip) revela que a previdência é superavitária, e que poderia arcar com os custos do fim do fator previdenciário.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Rádio CâmaraFoto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados