Deputado Benito Gama debate ‘saídas para economia’ em reunião na Fiesp

PTB Notícias 12/08/2015, 15:49


O deputado Benito Gama (PTB-BA) participou na segunda-feira (10/8/2015) de reunião do Conselho Superior de Economia (Cosec) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), cujo tema foi “competividade e produtividade da indústria brasileira”.

“Discutimos saídas para a economia principalmente a indústria nacional”, disse o parlamentar, que é economista e membro titular da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados.

Na ocasião, foi apresentado um estudo comparativo da Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) de casos brasileiros com situações de produção e gestão semelhantes na Alemanha, China e Estados Unidos.

De acordo com o estudo, os EUA têm uma produtividade 46% superior em relação à China.

A Alemanha é 48% mais produtiva, enquanto o Brasil é 50% superior em produtividade, considerando quilos de máquina por homem/hora, em comparação com o país asiático.

Já na comparação dos custos industrias, o Brasil fica em desvantagem.

O mesmo produto que tem custo de produção de US$ 100 na China, custa US$ 122 na Alemanha e US$ 137 no Brasil, uma diferença de 12% com relação à nação europeia.

Nos Estados Unidos, o mesmo produto chega ao valor de US$ 139.

(/_tinyimg/BenitoGamaFotoAyrtonVignolaFiesp.

jpg) Para Benito Gama, é preciso acabar com esta desvantagem e ampliar os debates, para encontrar meios que possam reduzir os impactos negativos na economia brasileira.

“Por isso, parabenizo a iniciativa do Cosec da Fiesp, que busca a contínua interação das entidades, classes empresariais governamentais e sociedade civil com assuntos relevantes para o segmento em questão”, disse.

“Com muita honra que participei desta reunião do conselho, coordenado pelo Instituto Roberto Simonsen e presidida por Antonio Delfim Netto.

Espero ter contribuído com o diálogo transparente na busca por alternativas efetivas e eficazes, principalmente, diante do momento de crise econômica no país”, concluiu o deputado trabalhista.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do deputado Benito Gama (PTB-BA)Fotos: Ayrton Vignola/Fiesp