Deputado Cassiá Carpes presta homenagem aos 40 anos do CIEE

PTB Notícias 8/05/2009, 7:54


O deputado estadual Cassiá Carpes (PTB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (7), no período do Grande Expediente, para resgatar a história de quatro décadas do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE).

A instituição foi idealizada pelo professor paulista Victório Palmieri, que creditava ao estágio a melhor forma de garantir a profissionalização do estudante, e fundada no Rio Grande do Sul em 28 de abril de 1969 por um grupo de educadores, empresários, representantes de entidades de classes, profissionais liberais e especialistas em treinamento e desenvolvimento de recursos humanos.

Nesses 40 anos, mais de 1,2 milhão de estudantes ingressaram no mercado de trabalho através de estágio.

“Este é, sem dúvida, um papel de suma importância num País onde índices de desemprego e violência referentes à juventude ainda assustam” disse Cassiá.

No Estado, o CIEE conta com 111 Unidades de Atendimento, localizadas estrategicamente nas principais cidades e regiões.

Atualmente, já passa de 32 mil o número de estudantes gaúchos, de 1,3 mil instituições de ensino, estagiando em aproximadamente 8,5 mil empresas e órgãos públicos.

Na fila por uma chance de trabalho aguardam outros 150 mil jovens.

Outro dado destacado pelo parlamentar foi o número de estudantes contratados depois do período de experiência.

Cerca de 64% dos estagiários conquistam a tão sonhada carteira assinada.

“Pesquisa realizada com formadores de opinião constatou que 89% dos entrevistados reconhecem a qualidade o serviço prestado pelo CIEE.

A credibilidade da instituição no mercado também ficou evidenciada com a manifestação positiva de 96,1% deles”, reverenciou o petebista.

A responsabilidade social também faz parte da missão do CIEE.

O programa Cidadania & Talento.

com promove a capacitação de jovens em vulnerabilidade social, que aprendem sobre temas de cidadania e preparação para o trabalho.

Após a conclusão do curso, os jovens são encaminhados para o mercado de trabalho através de estágios remunerados.

O programa já beneficiou mais de mil deles mil jovens.

Outro destaque é o Aprendiz Legal, criado em 2008, em parceria com a Fundação Roberto Marinho.

Trata-se de um programa de aprendizagem voltado para capacitação teórica e prática, de acordo com a Lei da Aprendizagem.

Atualmente estão sendo capacitados mais de 500 alunos, distribuídos em 21 municípios gaúchos.

Já o programa de Alfabetização de Adultos tem como principal objetivo proporcionar aos educandos a iniciação à educação básica.

Desde a criação do programa já foram alfabetizados quase três mil pessoas.

“O CIEE é uma instituição que investe no futuro, dá aos jovens o suporte necessário para começarem suas carreiras, acredita no potencial daqueles que ficarão depois de nós e que continuarão a escrever e fazer a sua história”, finalizou o Cassiá Carpes.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul