Deputado Cristiano Araújo conduz reunião com moradores de Taguatinga (DF)

PTB Notícias 31/10/2013, 7:40


Os moradores de Taguatinga (DF) estão preocupados com o crescimento desordenado da cidade.

Eles acreditam que ela não comporta mais o crescimento vertical, com a construção de novos prédios, e não possui estrutura viária para dar vazão ao trânsito de automóveis.

Estas foram algumas das preocupações encaminhadas aos deputados distritais durante a realização da audiência pública para discussão da Lei do Uso e Ocupação do Solo, a Luos, ocorrida na terça-feira (29/10/2013), na Administração Regional.

O presidente da Comissão de Assuntos Fundiários (CAF) da Câmara Legislativa do DF, deputado Cristiano Araujo (PTB), que conduziu os trabalhos, garantiu que todos os apontamentos feitos pela comunidade serão considerados na apreciação da lei.

“É por isso que fizemos questão de levar às discussões às cidades.

Queremos a participação do povo nessa votação.

Afinal, estamos tratando do futuro de cada uma das cidades do DF”, afirmou Cristiano.

O morador Ronald Filgueiras pediu a proibição da construção de novos prédios.

Ele demonstrou receio com a criação de novas áreas residenciais e argumentou que Taguatinga não possui estrutura para suportar o aumento de sua população.

“É preciso investir no aumento da qualidade de vida.

Aumentar o calçamento e a arborização”, afirmou.

Na mesma linha, o presidente da Associação Comercial e Industrial da cidade (ACIT), Justo Magalhães, cobrou uma solução para o Setor de Indústrias.

Na região foram construídos condomínios residenciais, o que desvirtua o setor, criado pra abrigar empresas.

Segundo ele, essa situação está causando problemas de convivência entre empresários e moradores.

“O Setor de Indústrias não foi criado para ser moradia, mas para gerar emprego, renda e desenvolvimento para a cidade”, disse.

O morador José Drummond pediu maior atenção das autoridades para as áreas rurais de Taguatinga.

“Essas áreas precisam ser preservadas.

São importantes para os pequenos produtores e ajudam no fornecimento de produtos para a cidade”, ponderou.

O deputado Cristiano Araújo voltou a afirmar que todas essas questões levantadas durante a reunião serão avaliadas pelos parlamentares e acatadas dentro da legalidade.

“Estamos dando toda a transparência possível à tramitação da Luos”, garantiu.

A reunião, realizada em conjunto com as comissões de Economia (CEOF), de Justiça (CCJ) e de Meio Ambiente, contou com as participações dos deputados Rôney Nêmer e Wellington Luiz, do PMDB, Eliana Pedrosa (PPS), Celina Leão (PDT) e Olair Francisco (PTdoB).

Nesta quinta-feira (31) serão debatidas as situações do Itapoã e Paranoá.

A reunião acontecerá às 19h, na Quadra Poliesportiva da cidade.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do deputado Cristiano Araújo (PTB-DF)