Deputado do Pará quer política de prevenção à saúde vocal de professores

PTB Notícias 15/05/2007, 14:58


A prevenção a doenças vocais e disfonias entre os professores da rede pública de ensino do Pará é o objetivo do projeto de lei apresentado pelo deputado estadual petebista Eduardo Costa, vice-presidente da Assembléia Legislativa paraense.

De acordo com a proposição do deputado petebista, fica instituída uma política estadual de saúde vocal para os professores, que deverá abranger a assistência preventiva através da realização de, no mínimo, um curso teórico-prático anual sobre o uso adequados da voz.

As escolas particulares também são atingidas pelo projeto de Eduardo Costa, que determina que tais instituições devem estabelecer programas internos de prevenção, nos moldes ao que for adotado na rede pública.

“Esse tipo de disfonia, de problemas vocais são comuns entre os professores, pelo uso constante da voz, mas os cursos de formação para professores não oferecem informações sobre o uso adequado da voz.

A falta de conhecimento acaba se refletindo na atuação dos profissionais em sala de aula”, alerta o deputado Eduardo Costa.

O parlamentar petebista também destaca que esses problemas, quando não tratados, podem acarretar em danos ao aprendizado dos alunos.

“A leitura, o ditado e a expressão oral dos professores podem prejudicar o aprendizado pela falta de clareza na fala do professor”, diz Costa.

Dados da sociedade Brasileira de Laringologia e Voz e da Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia revelam que 40% da população ativa brasileira utilizam a voz como instrumento de trabalho.

Esses profissionais precisam de treinamento vocal e exames de prevenção e diagnóstico para manter o seu desempenho com qualidade.

fonte: site da Assembléia Legislativa do Pará