Deputado Dr. Charles oficializa Frente Parlamentar da Saúde no DF

PTB Notícias 20/06/2007, 11:50


O deputado distrital Dr.

Charles, do PTB do DF, anunciou nesta quarta-feira, 20, ao oficializar a criação da Frente Parlamentar da Saúde, ser essa uma data histórica para a saúde do Distrito Federal, em razão dos esforços que pretende empreender para resgatar o padrão de qualidade de Brasília nesse campo.

Dr.

Charles avisou que o movimento, do qual é líder, tem caráter suprapartidário e está vinculado à Frente Nacional da Saúde, que milita para ver implementada em todo país a Emenda Constitucional nº 29/2000, que trata do financiamento público da saúde.

O deputado petebista disse que a força política que dá sustentação à Frente é robusta o suficiente para aprovar qualquer matéria em tramitação voltada para os objetivos de dar à população de Brasília a saúde que ela merece.

A Frente é integrada por outros doze deputados e representantes de diversos segmentos, mobilizados para viabilizarem os termos da carta-compromisso extraídos das reflexões e debates do seminário “Novas Perspectivas em Segurança e Saúde do Trabalhador no DF”.

Lembrando que o DF já foi referência nacional em saúde, com 90% das ações e serviços oferecidos com qualidade pelo setor público, o petebista Dr.

Charles avaliou que a saúde na capital está em crise há vários anos, em decorrência de “decisões equivocadas e má gestão”.

Tanto assim, segundo mencionou, os 14 hospitais, 61 centros de saúde, 10 postos de saúde urbanos, 23 rurais e três unidades mistas dispõem de apenas 3.

787 médicos para atender à população de cerca de três milhões de pessoas do DF e Entorno.

Participaram do evento os distritais Benício Tavares (PMDB), Erika Kokay (PT), Aylton Gomes (PMN) e Brunelli (DEM); o deputado federal Rafael Guerra, presidente da Frente Nacional da Saúde; a procuradora de Justiça do Ministério Público do DF, Tânia Marchewka, representando o procurador-geral Leonardo Bandarra; o coordenador nacional dos Conselhos de Saúde do DF, professor Francisco Teixeira; o secretário-adjunto de Saúde, Rubens Iglesias e o coordenador do Centro Estatual de Referência em Saúde do Trabalhador no DF, Walbert de Araújo Linhares, entre outros convidados.

fonte: site da Câmara Legislativa do Distrito Federal