Deputado federal Arnaldo Faria de Sá cobra votação de PEC 300

PTB Notícias 7/06/2011, 17:02


O petebista Arnaldo Faria de Sá, nesta terça- feira (07/06/2011), com tom de indignação em seu discurso no plenário, ressaltou o baixo salário e a ausência de gratificação dos bombeiros no Rio de Janeiro.

Questionou também a atuação do Governador do Estado: “É vergonhoso o que está acontecendo com os bombeiros do Rio de Janeiro.

O Governo tem que aprender a negociar.

Não pode o Governador Sérgio Cabral chamar de vândalos os bombeiros.

Vândalo é ele, que não toma uma decisão”, afirmou o deputado Arnaldo analisou a questão salarial dos bombeiros traçando um pararelo com outras profissões: “Ganham 980 reais, pouco mais do que um salário mínimo ou cerca de 30 reais por dia, menos do que ganha uma faxineira, cuja diária está entre 50 e 70 reais.

A culpa é do Governador Sérgio Cabral, que já está no segundo mandato.

Ele deve aprender a respeitar os bombeiros”.

Ao finalizar seu discurso, o deputado não isentou a Casa da responsabilidade do caos que se encontra a Segurança Pública.

“Vamos assumir a nossa responsabilidade: o Congresso Nacional precisa votar a PEC 300.

Vamos votar.

A irresponsabilidade é desta Casa, que não decide, e Segurança Pública é questão de ordem”, enfatizou Arnaldo.

Agência Trabalhista de Notícias Paula de Biasi