Deputado federal Deley defende reforma do pacto federativo

PTB Notícias 6/12/2013, 16:00


O deputado Deley (PTB-RJ) usou a tribuna da Câmara para externar sua preocupação com a falta de consenso para a discussão do pacto federativo no Brasil.

Na avaliação dele, “essa, sim, é a grande reforma, para que se distribuam melhor os impostos que são pagos pelos cidadãos”.

Deley enfatizou que hoje é praticamente impossível administrar qualquer município, com raríssimas exceções neste país, e cumprir todos os compromissos.

Ele exemplificou que de cada R$ 100 que o cidadão paga de impostos, hoje, aproximadamente, R$ 59 ficam com a União, R$ 26, com os estados, e R$ 15 ou R$ 16, com os municípios.

“Não adianta o governo querer centralizar os recursos.

Os problemas urbanos caem no colo dos nossos prefeitos, dos governadores, que têm pouquíssimos recursos para poder administrar”, disse Deley, de acordo com o Informativo 237 da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados.

Deley também falou sobre a instalação de comissão especial, da qual faz parte, que vai discutir, dentre outros assuntos, a dívida dos clubes.

“Os clubes tem grande potencial.

Nós precisamos socorrê-los, mas é obvio que haverá contrapartidas- e contrapartidas muito duras.

É preciso que aqueles que presidem e dirigem os clubes entendam que aquilo ali também é dinheiro público”, ressaltou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com o Informativo da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados