Deputado federal Luiz Bittencourt, de Goiás, deve se filiar no PTB

PTB Notícias 26/09/2007, 8:20


Insatisfeito com a falta de espaço no PMDB de Goiáse de olho nas eleições do ano que vem, o deputado federal Luiz Bittencourt pretende deixar o partido.

Convidado por seis siglas, o peemedebista tende a ir para o PTB, embora a conversa com o PP do governador Alcides Rodrigues venha avançando.

Além dos dois partidos, Bittencourt manteve contatos com o PSDB, PTN, PDT e PRB, mas tem dito a interlocutores que a filiação ao PTB é mais vantajosa.

O partido é da base dos governos estadual e federal e tem como líder na Câmara dos Deputados Jovair Arantes.

“Em meu terceiro mandato, não posso ir para um partido que não tenha importância nacional e em que eu não tenha espaço”, teria dito o deputado a interlocutores.

Além disso, a filiação ao PTB afetaria menos as bases de Bittencourt.

Com outros partidos, como o PP, as divergências dos prefeitos ligados ao deputado são maiores.

Jovair Arantes, que se coloca como pré-candidato a prefeito de Goiânia, vê como certa a filiação de Bittencourt a seu partido.

“É só questão de tempo”, disse, garantindo que a sigla bancaria a candidatura do peemedebista.

“Se ele está à procura de um partido para disputar a prefeitura, o PTB é o ideal”, afirmou o Líder do PTB na Câmara dos Deputados.

O prazo final para filiação daqueles que pretendem ser candidatos em 2008 é 5 de outubro.

Nos bastidores, o deputado tem dito que se cansou da centralização de poder de Iris Rezende no partido.

Bittencourt não tem cadeira na executiva do partido, diz nunca ter sido convidado para uma audiência com o prefeito para dar sugestões para a administração e nem para indicar um nome para compor a equipe de Iris.

O fato é que Bittencourt não vê no partido chances de disputar cargos no Executivo, já que há a alternância de candidaturas de Iris e Maguito Vilela, hoje vice-presidente de Governo do Banco do Brasil.

Segundo interlocutores do deputado, conta também o desgaste sofrido pelo presidente do diretório estadual, Adib Elias, prefeito de Catalão, por denúncias de corrupção em sua administração.

fonte: Jornal O Popular (GO)