Deputado Geraldo Coelho propõe restaurar modelo tradicional do Vestibular

PTB Notícias 24/03/2010, 8:28


A ideia de restaurar o vestibular tradicional como alternativa ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso nas universidades ganhou a defesa do deputado Geraldo Coelho (PTB).

Ontem, 23/03, o parlamentar petebista afirmou que o exame unificado tem prejudicado os estudantes do Interior, que estão perdendo vagas para alunos de outras localidades do País.

“As universidades foram interiorizadas para beneficiar os estudantes dessas localidades, que já não precisam se deslocar até a Capital para cursar o Ensino Superior.

Com a chegada do Enem, 90% dos alunos da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf) são de outros Estados, enquanto apenas 10% são de Petrolina e de municípios vizinhos.

Antes, a situação era inversa”, lamentou Coelho, afirmando que defenderá a extinção do Exame Nacional como ferramenta para ingressar na Graduação.

O petebista acrescentou que os candidatos do Interior do Estado tinham média suficiente para ingressar nos cursos que optaram, mas os de outras localidades tiveram notas superiores.

Em apartes, vários parlamentares apoiaram o protesto de Coelho.

Na opinião de Raimundo Pimentel (PSB), “para que o Enem seja democrático é preciso estabelecer critérios de regionalização, dando ao aluno a opção de escolher as cidades onde quer estudar.

” O socialista acrescentou que “os transtornos são muitos, a exemplo dos candidatos residentes em Petrolina que foram aprovados no Estado do Amazonas.

” * Agência Trabalhista de Notícias com informações do Noticiário Legislativo – DOE/PE