Deputado Jocelito Canto lembra dez anos do rombo do Banestado com bolo

PTB Notícias 2/10/2009, 7:45


Com bolo e velas, o deputado estadual Jocelito Canto (PTB) subiu à tribuna da Assembléia Legislativa do Paraná para lembrar os dez anos do rombo do Banestado e o pagamento mensal de cerca de R$ 69 milhões pelos paranaenses no processo de privatização do banco.

Durante o discurso no Grande Expediente, o parlamentar afirmou que a data não poderia passar em branco, pois ainda faltam mais 20 anos de pagamento pelo povo, dinheiro que poderia ser investido em muitas obras e programas no Estado, como a construção equivalente de quatro Hospitais Regionais de Ponta Grossa.

“Não poderia deixar neste dia 30 de prestar esta homenagem aos ladrões do Banestado.

Dedico este bolo àqueles que fizeram um verdadeiro rombo no Paraná”.

Canto, um dos mais críticos parlamentares no caso Banestado, cobrou ainda mais atenção ao caso, principalmente porque se um prefeito no interior comete algum erro administrativo, precisa responder até as últimas conseqüências por improbidade, enquanto aqueles que literalmente prejudicaram o povo paranaense pretendem inclusive voltar ao comando do Estado.

“Assaltaram o Banestado, uma verdadeira quadrilha meteu a mão no banco.

Agora, se é um prefeito do interior que comete algum erro, vai responder por improbidade, são ações e mais ações.

E atenção, esta quadrilha está querendo voltar ao poder”, frisou o petebista.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Assembléia Legislativa do Paraná