Deputado José Geraldo comemora aprovação da Lei do Cooperativismo

PTB Notícias 7/06/2012, 6:22


Foi com a sensação do dever cumprido, que o deputado José Geraldo (PTB-TO) comemorou em sessão extraordinária desta quarta-feira, 06/06, a aprovação do Projeto de Lei, encaminhado pelo governo do Estado, que institui a Política de Apoio ao Cooperativismo – PEAC.

Na sua primeira legislatura, em 2007, o deputado já havia apresentado um Projeto de Lei que instituía a Lei do Cooperativismo no Estado, em função do seu trabalho desenvolvido a frente do Sicoob Credipar em Paraíso do Tocantins, bem como de sua passagem pela Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB/TO.

Desde então, José Geraldo vem reapresentando-o como Anteprojeto de Lei, e em sua primeira audiência com o governador Siqueira Campos seu pedido foi para que o governador aprovasse essa Lei.

Neste contexto, o parlamentar também apresentou um Projeto de Resolução, aprovado no final de 2011, que cria a Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo, com o intuito de fortalecer a corrente.

Em um breve e fundamentado pronunciamento, o petebista, que teve o prazer de ter sido o relator do Projeto, comemorou essa vitória: “Na Bíblia diz “há tempo de plantar e tempo de colher”, e hoje estamos colhendo no tempo certo.

2012 foi declarado pela ONU o Ano Internacional do Cooperativismo, com o slogan “Cooperativas constroem um mundo melhor”.

Não haveria tempo mais oportuno para a aprovação desse Projeto”.

O presidente da OCB/Sescoop-TO, Ricardo Khouri, que esteve presente durante a votação do Projeto na Casa de Leis, afirmou que esse momento é um marco histórico para o cooperativismo no Tocantins.

“Dentre várias mudanças, esta Lei irá possibilitar uma representatividade maior junto aos órgãos públicos e privados, também irá permitir que o estado crie programas de apoio ao cooperativismo, como o acesso ao crédito, aos conselhos, além de tornar possível a participação direta dos programas de incentivo a agroindustrialização”.

A superintendente da OCB/Sescoop-TO, Maria José Leão, mostrou-se entusiasmada com a aprovação da Lei: “Com a Lei nos tornamos um órgão consultivo do governo para assuntos ligados ao Cooperativismo”.

Para José Geraldo o cooperativismo é a humanização do capitalismo: “Cooperar coloca o ser humano a frente de qualquer interesse”, finalizou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Surgiu