Deputado Jurandir Maciel defende plano estratégico para a Saúde no RS

PTB Notícias 5/07/2013, 7:30


A reorganização do setor da Saúde no Rio Grande do Sul deve passar pela reestruturação da cobertura assistencial no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para o deputado estadual Jurandir Maciel (PTB-RS) um dos maiores gargalos do sistema está no agendamento.

O parlamentar discutiu o tema no Grande Expediente da Assembleia Legislativa do RS, desta quinta-feira (4/7).

“Hoje, os municípios, com exceção de Porto Alegre, recebem 2.

113.

320 de consultas por mês, 34% do que efetivamente teriam direito, de acordo com a Portaria 1.

101 do Ministério da Saúde”, destacou o deputado.

Conforme Jurandir Maciel, a aprovação no orçamento estadual de 2013 de 12% para a Saúde foi uma grande conquista para os gaúchos, mas o estado ainda precisa avançar na descentralização e organização dos serviços.

Desta forma, o governo estadual deve assumir o compromisso de disponibilizar 100% dos serviços que são de direito da população.

O deputado estuda a criação de uma lei específica para a organização do sistema e do agendamento real.

“É necessária uma distribuição justa entre todos os municípios quanto ao volume de serviços disponibilizados.

Hoje, por exemplo, não existe um equilíbrio no número de consultas para cada especialidade”, justificou.

“Chegou a hora de trabalharmos em cima de um plano estratégico que contemple a real demanda da sociedade”, completou.

Acompanharam o expediente o presidente do Conselho Estadual de Saúde, Paulo Humberto Gomes da Silva, o assessor do gabinete da Secretaria Estadual da Saúde, e o subprocurador de Justiça do Ministério Público, Marcelo Lemos Dornelles, e demais representantes do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul e do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do Deputado Jurandir Maciel (PTB-RS)