Deputado Kennedy Nunes se filia ao PTB e assume presidência do partido em Santa Catarina

PTB Notícias 18/06/2021, 11:49


Imagem

O PTB não para de crescer e realizar as mudanças necessárias para se tornar o maior partido conservador cristão do Brasil. Na noite da última quinta-feira, 17 de junho, mais um passo foi tomado com a filiação do deputado estadual Kennedy Nunes, de Santa Catarina. No ato, o parlamentar assumiu a presidência do partido no estado e também já foi oficialmente empossada a nova Executiva da região. 

Estavam presentes no momento, o Presidente Nacional Roberto Jefferson, a Vice-presidente Graciela Nienov, deputada Mical Damasceno, presidente do PTB no Maranhão, o senador Jorginho Melo, e o deputado Ricardo Barbosa, presidente da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais).

O Presidente Roberto Jefferson enfatizou a importância das lutas do PTB para combater o esforço existente para destruir os fundamentos da família judaico-cristã. Ademais, aproveitou para elogiar o desempenho do Senador Jorginho Melo na CPI da Pandemia. Jefferson também relembrou do momento em que conheceu o deputado Kennedy, no qual cantaram louvores juntos. “Aqui você está em casa, meu irmão. Você terá todo o apoio para se eleger senador em Santa Catarina”, relatou.

O novo presidente de Santa Catarina diz agora se sentir em casa ao, finalmente, encontrar um partido com o qual se identifique com todas as pautas. Disse também que já releu diversas vezes o Estatuto da agremiação e fica feliz em ver o empenho da sigla para defender pautas tão importantes como a proteção da vida desde a concepção, o direito do cidadão de se armar e o combate à pedofilia. “Eu fico muito feliz por estar aqui, não só assumindo a direção do partido, que para mim foi uma honra, mas principalmente por participar de uma família”, afirmou. 

Em seu momento de fala, Graciela Nienov destacou as mudanças realizadas nos últimos dois anos na sigla para que houvesse consonância de discurso entre os estados e o Diretório Nacional. “Nós perdemos amigos, companheiros, muitos ficaram, mas nós temos um objetivo, tornar o PTB no maior partido conservador do Brasil”, disse.