Deputado Marcelo Moraes participa do 1º Seminário da Ferrosul em Chapecó

PTB Notícias 11/07/2011, 16:18


O deputado Marcelo Moraes (PTB) participou do 1º Seminário da Ferrosul em Chapecó (SC), promovido pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) que reuniu nesta última sexta-feira, 08/07/2011, representantes do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, para discutir a construção da Ferrovia da Integração do Sul (Ferrosul), ferrovia de integração dos quatro estados e o sistema ferroviário nacional.

O investimento em infraestrutura, incluindo-se aí as ferrovias, tem a ver com a concepção de um modelo de desenvolvimento, que persegue a construção de um País forte, bem estruturado, independente e tecnologicamente avançado.

O governo Federal já colocou no seu planejamento a implantação dessa ferrovia e agora compete aos Estados definir o seu traçado.

Uma alternativa para o trajeto é um eixo norte-sul, continuando de Panorama-São Paulo ao Porto de Rio Grande (a EF 151, conhecida como Norte-Sul) e ferrovias Leste-Oeste, interligando-se com o tronco central para conectar o Mato Grosso do Sul e o Paraguai ao Porto de Paranaguá, através da linha existente da Ferroeste (Cascavel-Guarapuava) e do novo ramal Guarapuava–Paranaguá.

Em Santa Catarina, a ligação Leste-Oeste (EF 280) partindo de Chapecó (ou Dionísio Cerqueira) ao porto de Itajaí.

E o porto de Rio Grande sendo conectado pela própria EF 151 (a chamada Norte-Sul).

Entre os participantes, estiveram os senadores Roberto Requião e Casildo Maldaner, deputados federais e estaduais, além de prefeitos e vereadores.

Ferrosul Os estados do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, reunidos através do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul, decidiram criar a Ferrovia da Integração do Sul S/A – Ferrosul-, uma empresa pública com o objetivo de planejar, construir e operar ferrovias e sistemas logísticos na região do CODESUL, interligando-as com a malha nacional, a partir da Ferrovia Norte-Sul, em Panorama (SP) e na região de Dourados (MS) e Maracaju (MS).

A partir das resoluções 1.

042/2009 e 1.

062/2010 do CODESUL e conforme previsto nos compromissos firmados através delas pelos quatro estados, leis estaduais foram e estão sendo propostas pelos Executivos às Assembleias Legislativas com a finalidade de criar as condições jurídicas e institucionais para o início de funcionamento da Ferrosul.

A criação da Ferrosul foi solicitada aos governadores pelo Parlamento do Sul (Parlasul) e pelos presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados da Região do CODESUL, através da Carta em Defesa da Ferrosul: Uma Ferrovia para Integrar o Sul do Brasil, firmada em Florianópolis (SC), em 5 de novembro de 2009.

Agência Trabalhista de Notícias, (IS) com Informações do Governo do Rio Grande do Sul