Deputado Nilton Capixaba recebe comitiva de vereadores de Cacoal (RO)

PTB Notícias 2/12/2013, 7:32


Vereadores de Cacoal (RO), município onde o deputado federal Nilton Capixaba (PTB), iniciou sua carreira política, estiveram com o parlamentar na última semana em Brasília.

Os representantes do Parlamento mirim de Cacoal agradeceram o empenho de Capixaba na liberação de verbas para o município e protocolaram pedidos de recursos federais para o próximo ano.

Nilton Capixaba é o parlamentar federal que mais recursos conseguiu para Cacoal e região.

“Nosso compromisso com o povo de Rondônia é permanente, mais ainda com os moradores da cidade onde escolhi para viver com a minha família”, argumentou o parlamentar.

Sem contar os benefícios conquistados nos dois primeiros mandatos, Capixaba conseguiu nos quase três anos do terceiro mandato a liberação de R$ 1 milhão para a pavimentação asfáltica no bairro Vista Alegre.

Graças ao empenho dos vereadores foi aprovado o terreno para a construção do Projeto Beira Rio.

“Já estão aprovados e empenhados para a obra R$ 10 milhões”, afirmou o deputado.

O setor agrícola está entre as prioridades de Nilton Capixaba.

Os vereadores agradeceram a liberação, via emenda, de recursos já licitados e designados para a Central das Associações de Produtores Rurais, que serão investidos na compra de caminhão trucado, caminhão caçamba e trator com equipamentos agrícolas.

Para o Orçamento da União do próximo ano, que está sendo discutido no Congresso Nacional, o grupo de vereadores reivindicou a liberação de recursos para reforma e ampliação do Terminal de Passageiros do Aeroporto de Cacoal; ampliação do atendimento médico à saúde e residência médica (R$ 3 milhões), implantação de dez UTIs Neo Natal (R$ 2,6 milhões) e aquisição de aparelhos de ressonância magnética, tomógrafo e raios X (R$ 3,5 milhões).

A comitiva de Cacoal esteve composta pelos vereadores Bruno Trevizan (PDT), Claudemir Littog (PDT), Pedro Ferrazin (PP), Valter Pires (PT), Donizete da Sucam (PTB) e Pati Paulista (PTB).

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Rondônia Dinâmica