Deputado Paes Landim condena disputa partidária na CPI do Apagão

PTB Notícias 30/05/2007, 8:51


O deputado federal Paes Landim, do PTB do Piauí, integrante da CPI do Apagão, informou que estão querendo transformar a CPI num problema partidário e emocional.

Para o deputado petebista, a aviação e o controle aéreo brasileiro são os melhores do mundo.

“O problema aqui é de natureza técnica e de investimentos.

Aqui ao pessoal não interessa uma solução, interessa a amizade, são emocionais e às vezes, partidária.

A CPI se preocupa mais com aparência do que com essência, com resultado”, argumentou o deputado.

Landim revelou que o resultado do relatório da CPI deve ter o prazo prorrogado.

O prazo original seria de 120 dias, mas sempre pedem prorrogação, informou Paes Landim.

O deputado do PTB piauiense disse que os americanos chamam estas comissões de Comissão de Investigação.

“Eles querem saber qual o problema e qual a solução.

Aqui, não interessa a solução.

São muito emocionais”, assinalou.

Paes Landim considera que a aviação brasileira é a melhor da América Latina.

“O problema aqui é de natureza técnica.

Por exemplo, estive agora em Buenos Aires, e a torre de controle da Argentina passou 15 dias quebrada.

Os aviões estavam com operações por instrumento ou manuais.

A situação deles estava pior do que a nossa.

Uma demora danada, e ninguém pediu CPI”, argumentou o deputado.

Para justificar a sua tese, Paes Landim frisou que a China levou 50 pilotos do Brasil para lá, porque são os melhores do mundo.

Os pilotos, segundo o deputado, eram da Varig.

“Eles são os melhores do mundo e são competentes e eficientes”, frisou o parlamentar.

Como membro da CPI do Apagão, Paes Landim assegurou que o problema da aviação e o controle aéreo brasileiro é uma questão de investimento.

“Basta o governo investir.

O problema é operacional e de natureza técnica e investimentos e não de natureza político-partidária”, finalizou.

fonte: Jornal Diário do Povo (PI)