Deputado Paes Landim pede que ZPE de Parnaíba seja mantida

PTB Notícias 18/12/2007, 12:23


O deputado Paes Landim (PTB-PI) lembrou, no Plenário da Câmara, que o ex-presidente José Sarney, após visitar a China, no começo dos anos 80 do século passado, ficou impressionado com o papel que as Zonas Especiais de Exportação — ZEEs — representava para o País que, naquele momento.

“O ex-presidente José Sarney então enviou ao Congresso Nacional, logo após sua vinda da China, projeto para criar a chamada Zona de Processamento de Exportação no Brasil.

O Congresso rejeitou o projeto de lei.

Inconformado com isso, por meio de decreto-lei, ele resolveu criar, equivalente à Zona Especial de Exportação na China, a nossa Zona de Processamento de Exportação.

Decorridos quase 20 anos da proposta do ex-presidente José Sarney, infelizmente, o assunto continua na estaca zero”, disse o deputado petebista.

Paes Landim ressaltou que, entre as ZPEs criadas pelo Senador José Sarney, foi incluída a cidade litorânea de Parnaíba (PI).

“No caso deste município, a caducidade da autorização para sua ZPE se dará agora em julho de 2008.

Parnaíba já foi o maior centro, talvez, comercial do Nordeste até a Segunda Guerra Mundial, quando a carnaúba perdeu a sua importância.

Parnaíba comerciava diretamente com a Europa e não com Teresina.

Conhecia mais a Europa do que Teresina.

A cidade tem todo um potencial, uma história de tradição com o comércio marítimo.

O Rio Parnaíba era navegável.

A Companhia de Navegação Marítima de Parnaíba foi fundada no século XIX e, claro, desapareceu com o desaparecimento do comércio marítimo em razão da queda do preço da carnaúba e do babaçu”, afirmou o Parlamentar.

“Uma cidade como Parnaíba, que agora vai ter seu aeroporto internacional, tem uma hidrovia no Rio Parnaíba que agora pode ser recuperada, para levar seus produtos diretamente para o Porto de Itaqui, no Maranhão.

Ela também tem o Porto de Luís Correia, em dimensão menor, e luta pela sua construção.

A cidade está perto também do Porto de Pecém, em Fortaleza, Ceará.

Há uma ferrovia paralisada que pode ser reativada para ajudar as Zonas de Processamento de Exportação.

Há hoje um belo núcleo universitário da Universidade Federal do Piauí que, em breve, se transformará numa universidade federal”, complementou Paes Landim.

“Uma Zona de Processamento de Exportação em Parnaíba será exatamente um núcleo protetor dessa riqueza ecológica fantástica da cidade.

Faço aqui esse apelo para que desenvolvamos uma luta para que a ZPE da Parnaíba seja mantida.

Que se pense em outras Zonas de Processamento de Exportação depois de consolidada a nossa, que já está criada.

Não podemos perder esse prazo de 12 meses.

Se não é possível implantá-la no prazo que nos resta, que pelo menos lutemos para prorrogar essa lei do Governo Federal, para que Parnaíba venha a merecer, pelas suas potencialidades e características, essa Zona de Processamento de Exportação, que foi uma idéia genial do Presidente Sarney, que tem um apego pessoal por Parnaíba”, finalizou o deputado.

Agência Trabalhista de Notícias