Deputado questiona abandono de equipamentos ferroviários no Paraná

PTB Notícias 26/02/2008, 10:51


O deputado estadual Fabio Camargo (PTB/PR) propôs uma Comissão Especial de Investigação (CEI) para fazer um levantamento sobre o abandono de equipamentos ferroviários no Paraná.

Os equipamentos, pertenciam originalmente à extinta Rede Ferroviária Federal S/A, sendo feito um contrato de terceirização entre o Governo do Paraná e a empresa América Latina Logística (ALL), onde ficou estabelecido que a empresa teria a obrigação de conservar a “herança” da RFFSA.

“Além de ser um patrimônio público, as estradas de ferro do Paraná e, principalmente as estações, contam muito da história do Paraná.

Não é possível que esse patrimônio simplesmente se deteriore”, afirma Fabio Camargo.

O petebista afirma que a CEI seria um bom instrumento para fazer um levantamento das condições dos equipamentos ferroviários do Estado e as cláusulas do contrato que prevê a conservação.

“Tenho recebido várias denúncias de estações e trechos de ferrovias que estão simplesmente abandonados.

Se a ALL explora comercialmente o transporte ferroviário, naturalmente tem lucro com a atividade e, conseqüentemente, deve honrar com os compromissos contratuais, mesmo que representem despesas para a empresa”, analisa Fabio Camargo.

No entender do deputado, o transporte ferroviário no Paraná é de vital importância.

“É necessário que o Poder Legislativo fiscalize para que ele seja administrado em benefício da sociedade”, afirmou.

“Durante a CEI do Pedágio, por exemplo, levantamos que o preço do transporte ferroviário é baseado nos custos do rodoviário, o que não é coerente.

O custo para o transporte de produção deveria ser baseado em levantamentos de custo das próprias ferrovias”, compara.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Tribuna News)