Deputado Ronaldo Nogueira analisa portaria do Ministério do Trabalho

PTB Notícias 5/08/2011, 11:32


Quase dois anos depois de editada, continua pendente a portaria do Ministério do Trabalho que obriga as empresas que têm controle eletrônico de ponto a usar máquinas para imprimir comprovantes do horário de marcação do ponto.

A portaria deve entrar em vigor em setembro.

Mas a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara aprovou um projeto de decreto legislativo que suspende mais uma vez a portaria.

A questão ainda depende de uma decisão da Mesa Diretora da Câmara.

O deputado federal Ronaldo Nogueira (PTB-RS) analisa os reflexos no sistema produtivo do país: “Imagine um trabalhador que tenha 10 anos de empresa, eu não sei como ele irá guardar tantos pontos eletrônicos.

A portaria é inconveniente para os empregados porque está onerando mais um custo no sistema produtivo”, alertou o petebista.

Agência Trabalhista de Notícias (PB), com informações da TV Câmara