Deputado Ronaldo Santini recebe embaixador do Haiti no Brasil

PTB Notícias 28/04/2015, 8:07


O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, deputado Ronaldo Santini (PTB), recebeu na segunda-feira (27/4/2015) o embaixador do Haiti no Brasil, Madsen Chérubin, que está no Rio Grande do Sul para abordar, no Sindicato da Construção Civil, a situação dos imigrantes no país.

A visita também foi acompanhada pelo deputado Missionário Volnei (PR), que é vice-presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos.

Santini e Volnei questionaram o embaixador a respeito de abertura de escritório consular no Rio Grande do Sul, tendo em vista o expressivo número de cidadãos daquele país trabalhando no Estado.

Também disponibilizaram a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos para eventuais demandas da comunidade haitiana no Estado.

Madsen Chéribun adiantou que será aberto Consulado em São Paulo, onde é maior a presença de haitianos.

Disse, ainda, que o governo do seu país está estimulando a instalação de empresas brasileiras no Haiti, especialmente no setor têxtil, pela oferta de mão de obra local e também pelos incentivos governamentais, além da abertura de mercado para os Estados Unidos.

Falou sobre a situação de reconstrução do país depois do terremoto, referindo a presença de militares brasileiros por meio da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).

O Brasil possui o maior efetivo militar em solo haitiano em auxílio àquele país.

Imigrantes e segurança no trabalhoCom mais de sete mil haitianos morando e trabalhando no Rio Grande do Sul, fruto da onda migratória gerada no Haiti depois do terremoto, em 2010, o embaixador fez palestra na terça-feira (28) sobre imigrantes no Brasil, no seminário promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre (STICC).

É na construção civil e nas empresas de abate de animais que se concentra a maioria dos imigrantes haitianos, que procuram o interior gaúcho pelo baixo custo de vida e maior oportunidade de emprego.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Agência de Notícias ALRSFoto: Juarez Junior/Agência ALRS