Deputado Silvio Costa defende novo Fundo de Previdência para militares

PTB Notícias 8/12/2011, 7:12


A aposentadoria de militares também poderá ser regida pelo Fundo de Previdência Complementar dos Servidores Federais.

A proposta foi apresentada pelo deputado Silvio Costa (PTB-PE), ontem, 7/12, durante discussão da Comissão Geral no Plenário da Câmara dos Deputados.

Segundo o parlamentar do PTB, a previdência dos servidores da União tem, atualmente, um déficit de R$ 51 bilhões — sendo 40% desse valor referentes a militares.

“Vamos dar um basta no corporativismo.

Se aprovarmos esse projeto como está (sem incluir os militares), as contas da Previdência só ficarão equilibradas daqui há 20 anos”, argumentou Silvio Costa.

Ele completou que há 1,1 milhão de servidores da União na ativa, mas 40% deverão se aposentar nos próximos cinco anos.

Já o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, defendeu que futuras gerações poderão pagar alto pelo déficit: “Se não aprovarmos essa reforma logo, mesmo que não seja com a amplitude necessária, corremos o risco de pagar um preço muito alto.

Se não nós, com certeza, as futuras gerações, representadas pelos nossos filhos e netos, pagarão esse preço”.

O governo federal quer que o projeto de lei seja aprovado pela Casa na próxima semana, antes do recesso.

Depois disso, só após fevereiro.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal O Dia