Deputado Talles Barreto diz que não se pode pré-julgar autoridades pública

PTB Notícias 17/04/2012, 16:19


Da tribuna, o deputado Talles Barreto (PTB-GO) afirmou que o pré-julgamento é uma atitude muito perigosa e que não se pode generalizar.

De acordo com ele, parlamentares da oposição criticaram autoridades públicas citadas nas escutas telefônicas divulgadas pela Polícia Federal, após a Operação Monte Carlo.

O petebista enfatizou a necessidade de se instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acontecimentos.

“Não se pode generalizar.

Afirmo que bater de qualquer maneira é injusto.

O procurador-geral do Ministério Público, Benedito Torres, realiza um excelente trabalho.

Não se pode acusar sem provas, como tem ocorrido”, afirmou o petebista.

Ivana Souza – Agência Trabalhista de Notícias, com informações da Assembleia Legislativa de Goiás