Deputado Valter Araújo apoia projeto social do Sesi em Jacy-Paraná (RO)

PTB Notícias 17/05/2011, 7:33


O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Valter Araújo (PTB), se comprometeu em ajudar a viabilizar um projeto experimental do Serviço Social da Indústria (Sesi) que deverá ser implantado em Jacy-Paraná, distrito localizado a 100 quilômetros de Porto Velho.

A meta é atender menores em situação de abuso e exploração sexual.

O parlamentar participou de reunião realizada na manhã desta segunda-feira (16/05), na sede da administração distrital, com o presidente do Conselho Deliberativo do Sesi, Jair Meneguelli.

Na reunião estavam diretores de escola, assistentes sociais e membros do Conselho Tutelar.

Meneguelli explicou que já existe outro projeto, o Vira Vida, que deverá atender menores a partir de 16 anos.

No caso, elas poderão participar de cursos que duram entre nove e 12 meses.

Nesse período recebem vale transporte, alimentação e uma ajuda de custo que varia entre R$ 400,00 e R$ 500,00.

Ele adiantou que a meta é que as jovens comecem a trabalhar logo após a conclusão do curso.

“A chancela do Sistema S é forte.

No caso, gastamos o dinheiro que a empresa deveria desembolsar para treinar um funcionário.

E se após o curso a garota quiser fazer outro, mais caro, bancamos a bolsa também”, adiantou Meneguelli.

Ocorre que o projeto é para jovens a partir de 16 anos, porque quem tem menos idade não pode trabalhar.

“Por isso mesmo pretendo desenvolver um programa piloto em Rondônia, em Jacy-Paraná, com uma proposta pedagógica onde será inserido o esporte.

Vamos fazer algo voltado às Olimpíadas de 2016″, destacou Meneguelli.

Para esse projeto, Meneguelli explicou que são necessários parceiros.

“Precisamos de um terreno e também de um órgão que possa cuidar do funcionamento desse programa.

Posso conseguir R$ 1 milhão para erguer um centro assim, mas não posso me comprometer na manutenção, até porque meu mandato é de quatro anos.

É bom lembrar que o Conselho Nacional do Sesi é normativo, e não executor, por isso me comprometo até onde eu posso”, acrescentou.

O deputado Valter Araújo disse que a Assembleia Legislativa pode ajudar a encontrar os parceiros.

“Aqui em Jacy tem pessoas de boa vontade.

Podemos ajudar a conseguir um terreno e vamos conversar com quem pode cuidar da manutenção”, destacou o presidente da Casa de Leis.

Meneguelli adiantou que pode conversar com representantes do governo do Estado e com os consórcios que constroem as usinas do Madeira.

“Mas é necessário que esse projeto seja formatado o mais rápido possível.

Precisamos agir logo”, afirmou.

Valter Araújo disse que o ideal seria que o próprio Sesi tocasse o projeto em Jacy-Paraná.

Ele parabenizou Jair Meneguelli pela disposição em ajudar as crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual e explicou que as usinas pouco têm ajudado, embora causem um grande prejuízo social.

“O objetivo dessas usinas é ganhar dinheiro.

Não existe visão social.

Não sei como os responsáveis conseguem ver os filhos deles indo para a escola sabendo que as pessoas que ajudaram a construir essa riqueza enfrentam tantos problemas, como a prostituição infantil.

De que adianta uma usina bonita se há pessoas morrendo em volta dela?”, indagou o parlamentar, acrescentando que as usinas têm o dever de ajudar Rondônia.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Rondônia Dinâmica