Deputados esclarecem posição em relação ao pacote tributário de Yeda

PTB Notícias 11/10/2007, 7:54


Em nota enviada à imprensa, a bancada do PTB na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul esclarece a sua posição com relação ao pacote de medidas apresentado aos parlamentares, que deverá ser votado em novembro, sobre o projeto de reestruturação financeira do Estado pela governadora gaúcha Yeda Crusius.

Segue a nota na íntegra: “O PTB foi o primeiro partido a liberar sua bancada na Assembléia Legislativa em relação ao pacote tributário da Governadora.

A decisão ocorreu em reunião da Executiva e Bancada no dia 1/10, uma segunda-feira, sendo que o “pacote” chegou na Assembléia na quinta-feira seguinte.

A ausência da bancada na reunião de líderes deve-se ao fato de não ter sido consultada ou ouvida para a elaboração do conjunto de medidas.

Há mais de 30 dias, a bancada reuniu-se com a Governadora pedindo para ser chamada a opinar sobre medidas a serem implantadas em sua administração, o que não aconteceu.

O PTB não pretende dar qualquer demonstração de força.

Apenas, como em episódios anteriores, pretende manter sua unidade e votar de acordo com a consciência de seus integrantes.

A força de um parlamentar está no voto que, com legitimidade, tem o direito e o dever de dar!”