Deputados estaduais do PTB de São Paulo comentam o voto em lista fechada

PTB Notícias 14/05/2009, 8:00


Na sessão de ontem, 13, da Assembleia Legislativa de São Paulo, os Deputados Edson Ferrarini e Conte Lopes, ambos do PTB, comentaram o sistema de voto em lista fechada.

Edson Ferrarini manifestou sua discordância com o sistema, cuja proposta está em andamento no Congresso.

Para ele, essa iniciativa vai afastar definitivamente o eleitor da política.

“Não adianta mais trabalhar pelo povo, basta ficar de bem com a cúpula do partido para que coloquem seu nome na lista”, reclamou.

De acordo com o deputado, com o voto em lista a população não sabe em quem está votando, já que passa a votar somente no partido.

“O partido vai escolher os nomes para colocar em prioridade.

As panelinhas do partido vão se perpetuar no poder”, afirmou Ferrarini, que não quer que a proposta não seja aprovada.

Para Conte Lopes (PTB), o voto em lista é uma aberração.

“Como vão ser escolhidos os primeiros colocados dessa lista?”, argumentou.

Segundo ele, o eleitor tem o direito de escolher seu candidato e acompanhar sua vida.

“Vamos torcer para que prevaleça a democracia”, disse.

Lopes falou ainda sobre a estratégia do secretário da Segurança Pública, Antônio Ferreira Pinto, de usar a Rota para combater o crime organizado.

“Está de parabéns o secretário, a Rota tem que ser usada com policiais treinados e qualificados”, declarou.

O deputado comentou ainda sobre as obras de arte roubadas: disse que os bandidos devem ser pegos e para isso ainda falta polícia investigativa.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Portal Jus Brasil Notícias