Devemos ter soberania e manter as nossas leis vigentes, diz Eros Biondini

PTB Notícias 3/04/2012, 16:26


A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira passada (28/3/2012) a Lei Geral da Copa, que disciplina os direitos comerciais da Fifa (Federação Internacional de Futebol) na realização da Copa do Mundo de 2014.

Uma das ressalvas da Lei aprovada é a liberação da venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante o Mundial, o que é proibido no país pelo Estatuto do Torcedor.

Coordenador da bancada católica, Eros Biondini (PTB-MG) votou contra esse dispositivo, e junto de outros parlamentares relutou pela aprovação que deixa nas mãos dos Estados onde serão realizados os jogos decidirem proibir ou não a comercialização de bebidas alcoólicas.

“Devemos ter soberania e manter as nossas leis vigentes, independentemente de acordos financeiros, por isso sou contra a venda de bebidas alcoólicas nos estádios brasileiros durante a Copa.

Além disso, é certo que as bebidas alcoólicas aumentam o índice de violência nos estádios, dentre outros fatores negativos,” reafirma Eros, que é referência na luta contra as drogas.

O projeto segue, agora, ao Senado Federal, onde o deputado petebista pretende, ainda, reforçar sua posição junto aos colegas senadores.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do site do deputado federal Eros Biondini (PTB-MG)