DF: Cristiano propõe Política de Prevenção à Violência contra Educadores

PTB Notícias 16/12/2014, 18:46


Após sete anos de espera, os professores do Distrito Federal agora podem ter um respaldo que estimula a prevenção contra a violência nas salas de aula.

Foi aprovado em primeiro turno na Câmara Legislativa do Distrito Federal, na segunda-feira (15/12/2014), o projeto de lei 426/2007, do deputado Cristiano Araújo (PTB), que trata da Política de Prevenção à Violência contra Educadores da rede pública de ensino do DF.

De acordo com o parlamentar, os professores têm sofrido com casos de violência nas salas de aula, que precisam ser discutidos.

“Essa lei foi pensada com o intuito de combater a violência nas escolas, motivar o convívio amigável entre maestros e alunos, analisar a origem dos casos violentos e dar um respaldo aos nossos educadores”, destacou.

A política de que trata esta lei tem os seguintes objetivos:- estimular a reflexão nas escolas e na comunidade acerca da violência contra os educadores;- desenvolver atividades nas escolas que congreguem educadores, alunos e membros da comunidade, no intuito de combater a violência contra os professores que nela trabalham;- implementar medidas preventivas e cautelares em situações nas quais os professores estejam sob risco de violência que possa comprometer sua incolumidade;- avaliar e debater a origem e o combate à violência;- propor mecanismos que visem o combate à violência escolar.

Agora, o projeto deve ser votado em segundo turno pelo plenário da Casa até o final desta legislatura.

Em tramitação conjunta na Câmara Legislativa desde 2007, o PL 426/2007 se une ao 559/2007 – do deputado Rôney Nemer (PMDB) -, na forma de um substitutivo.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do deputado Cristiano Araújo (PTB-DF) Foto: Edson Leal/Assessoria