Dilemário alerta Executivo sobre possível reajuste na tarifa de ônibus

PTB Notícias 18/10/2013, 6:55


Na sessão plenária de quinta-feira (17/10/2013) da Câmara de Cuiabá, o vereador Dilemário Alencar (PTB-MT) apresentou indicação ao prefeito Mauro Mendes sobre a necessidade de o Executivo Municipal não aceitar pedido de reajuste neste ano de 2013 do preço da tarifa de ônibus coletivo por parte dos empresários do setor.

Historicamente, ressaltou o parlamentar, isso sempre ocorre no período natalino e começa a vigorar a partir de 1º de janeiro de cada ano.

Ademais, acrescentou, a precariedade dos serviços prestados pelas empresas concessionárias em Cuiabá não permite qualquer majoração.

“A prestação do serviços de transporte coletivo de Cuiabá passa por grave crise.

Além da assinalada deficiência dos serviços aos usuários do sistema, a falta de qualidade, de conservação dos veículos em operação, agrava ainda mais esse quadro de há muito caótico”, disse.

Dilemário citou a ausência de trabalhador (para auxiliar o motorista), fato que, por si só – pontuou -, “remete o usuários a tratamento degradante e incompatível com o princípio da dignidade da pessoa humana.

As pessoas têm sido transportadas em ônibus velhos e desconfortáveis, legítimas sucatas ambulantes, sem ar-condicionado.

É muita humilhação, pois aí se enquadram idosos, crianças, mulheres grávidas e portadores de necessidades especiais”.

Em função de um cenário que ele qualificou de “triste e revoltante”, não se justifica sequer a possibilidade de reajuste tarifário.

“Nisso, convenhamos, essas empresas são ágeis.

” Dilemário também observou que a tarifa do transporte coletivo de Cuiabá está sob suspeição, sendo inclusive auditada por comissão mista, formada pela Câmara Municipal, Prefeitura e Ministério Público.

“Diante do exposto, conceder reajuste do preço da tarifa do transporte coletivo em época natalina, para vigorar a partir de 1º de janeiro de 2014, soaria como claro deboche ao povo cuiabano, legítimo ‘presente de grego’.

“O presidente da Câmara, vereador João Emanuel (PSD), parabenizou o colega parlamentar pela sua luta em prol da população usuária do sistema de transporte coletivo.

“Devo mencionar que o vereador Chico 2000 apresentou projeto de lei, aprovado por esta Casa, para que todos os aumentos sejam analisados pelo Legislativo.

A Câmara tem o condão de aprovar ou barrar, é preciso fazer valer esse dispositivo oficial.

Mesmo porque, no caso do transporte coletivo, os serviços realmente têm deixado a desejar no município de Cuiabá, registrando-se um rol de falhas sucessivas, reclamações justas, pois a tarifa cobrada em Cuiabá é caríssima.

” * Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal da Câmara Municipal de CuiabáFoto: Otmar de Oliveira/Câmara Municipal de Cuiabá