Diretório do PTB no MS dá ultimato às bases para reformulação

PTB Notícias 9/01/2009, 12:11


O Diretório Regional do PTB no Mato Grosso do Sul está pressionando as lideranças do partido no interior para que seja feita a reformulação dos quadros da legenda no Estado.

O comando partidário tem pressa e já encaminhou correspondência a mais de 34 dirigentes de comissões provisórias extintas, a fim de saber se realmente há interesse em continuar no grupo.

Essas provisórias foram extintas em outubro, por forças estatutárias, uma vez que seus dirigentes não conseguiram realizar convenção e eleger os diretórios municipais.

Segundo o presidente da executiva regional do PTB, Ivan Louzada, o prazo para a realização das convenções expirou em meados de abril e foi prorrogado até o dia 30 de outubro do ano passado.

Ainda assim, não foi possível escolher os membros dos diretórios.

“A direção estadual está reestruturando o PTB no Estado visando à eleição de 2010, portanto contamos com a participação da direção municipal, caso não tenham interesse em continuar nessa caminhada, vamos buscar outros grupos, onde em algumas localidades já estão nos procurando”, diz trecho de ofício enviado por Louzada.

Em relação ao quadro político atual, Louzada reafirmou o compromisso de o PTB em se manter independente durante o processo de articulações em torno das composições das alianças partidárias, ano que vem, lembrando que o grupo não tem restrição a nenhuma legenda.

“Não temos nenhum compromisso com esse ou aquele partido, vamos conversar com todos os dirigentes e ver qual o melhor caminho a seguir nas eleições de 2010”, afirmou o presidente petebistas, que nas últimas eleições municipais apoiou o projeto de reeleição do prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB).

O PTB elegeu três prefeitos em 5 de outubro – Edson Davi (Aral Moreira), Celso Vargas (Maracaju) e José Dodô da Rocha (Selvíria).

O comando partidário planeja fazer no mínimo entre dois a três deputados estaduais e um federal em 2010, conforme Louzada.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Agora MS)