Divaldo Lara anuncia que é pré-candidato do PTB à reeleição em Bagé

PTB Notícias 1/09/2020, 8:48


Imagem

Em entrevista à Rádio Difusora na segunda-feira (31), o prefeito de Bagé (RS), Divaldo Lara (PTB), confirmou que colocou seu nome à disposição do PTB para concorrer a uma eventual eleição, assumindo a condição de pré-candidato. Embora, nos bastidores, se soubesse que o chefe do Executivo seria pré-candidato, o que é natural, Divaldo ainda não havia assumido publicamente a disposição de concorrer. O PTB tem convenção municipal agendada para 5 de setembro, na Câmara de Vereadores.

“Minha pré-candidatura atende a pedidos de bageenses, de lideranças, e demonstra que estamos no caminho correto, de trabalho e de dedicação para recuperarmos nossa cidade”, destacou Divaldo, na entrevista.

O prefeito revelou que o candidato a vice-prefeito está entre dois nomes: da vereadora Sônia Leite (PP) e do médico Mário Mena Kalil (PTB). “Essas pessoas que são responsáveis pelo sucesso do trabalho que estamos realizando estão junto conosco para dar continuidade às obras que o município tem ou está precisando”, pondera Divaldo. O prefeito elencou várias realizações de sua gestão – entre elas os projetos habitacionais, a reforma da Rodoviária e o combate ao coronavírus.

Sobre a situação judicial, Divaldo afirmou que não tem impedimento em disputar a eleição. O prefeito e o irmão, deputado Luís Augusto Lara, aguardam o julgamento de recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral, já que Divaldo e Lara foram condenados, com perda de direitos políticos – o que poderia inviabilizar uma candidatura.

O PTB já recebeu apoios formais para a candidatura de Divaldo à reeleição. Entre eles o PL, o PSDB e o DEM – embora estes dois partidos tenham restrições do presidente nacional do PTB, Roberto Jéfferson, e que ainda necessitam de aval porque o Diretório Nacional do partido dissolveu o diretório estadual dos trabalhistas. Tudo porque Jéfferson já anunciou que não quer alianças do PTB com DEM e PSDB – por conta da possibilidade de lançamento dos nomes do deputado federal Rodrigo Maia (DEM) e de João Dória (PSDB) para as eleições municipais em 2022.

Entretanto, um dos partidos da base pode estar de saída. O PSD ainda vai definir se continua com o apoio a Divaldo ou irá realizar uma aliança com o Podemos – que tem o empresário Gilberto Alágia como pré-candidato. O presidente do partido em Bagé, Luís Diego Soares, confirma que existem as tratativas, mas não fala abertamente sobre a posição de apoio ou ruptura com o governo municipal. Entretanto, nos bastidores, fala-se de um descontentamento de filiados com algumas atitudes do Executivo em relação ao partido – o PSD é o quinto partido com maior tempo disponível para a propaganda eleitoral de rádio e televisão.

Com informações do Pauta Bagé