Divaldo Lara busca informações sobre curso de medicina para Bagé (RS)

PTB Notícias 22/08/2014, 8:30


A perspectiva de que Bagé (RS) se habilite e, assim, possa vir a receber um curso de ensino superior de medicina está inserida entre as principais pautas defendidas pelo vereador Divaldo Lara (PTB), desde 2009.

Desde quarta-feira (20/8/2014), ele cumpre agendas, em Brasília, para obter informações sobre as reais possibilidades de concretização dessa demanda.

Na quarta, por telefone, o petebista relatou que terá três reuniões em órgãos considerados técnicos.

Uma das agendas, por exemplo, será com a coordenadora-geral de Chamamento Público, Jane Cristina, responsável pela publicação dos editais que apontam os municípios habilitados a receberem tais graduações.

“Precisamos ter uma informação sobre quando será a data do próximo edital”, explicou.

Os encontros ainda reunirão Lara com o diretor do Departamento de Gestão da Educação na Saúde, Felipe Cavalcante, e com o diretor do Departamento de Desenvolvimento de Educação em Saúde, Vinícius Ximenes.

Com Cavalcante, ele vai conversar sobre a continuidade da política pública de novos cursos de medicina.

“É ali que são avaliadas as necessidades e a capacidade dos municípios que solicitam os cursos”, explicou o parlamentar.

Já com Ximenes, ele pretende informar que Bagé já apresentou correções no projeto que, em 2013, foi avaliado como inconsistente.

Isso porque tal diretor é o responsável por organizar a avaliação das propostas encaminhadas pelos municípios.

“Quero reforçar que as informações já estão disponíveis no sistema do ministério e, também, saber quando será a nova banca que avalia os projetos cadastrados”, relatou.

Conforme o vereador, após tais encontros, ele poderá trazer informações mais precisas sobre o projeto de Bagé.

“Estou indo nos departamentos técnicos para saber dados exatos.

Não se trata de agendas políticas”, frisou Divaldo, que reforçou: “Vale a pena essa luta.

Já disse antes, um curso de medicina representa o mesmo que uma planta industrial para Bagé”.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Folha do Sul Foto: Vítor Garcia/Especial FS