Dr. Furlan apoia projeto que autoriza contratar agentes de combate a endemias

Agência Trabalhista de Notícias 24/05/2018, 8:16


Imagem Crédito: Divulgação

O plenário da Assembleia Legislativa do Amapá aprovou na terça-feira (22) o projeto de lei que autoriza o governo do Estado a contratar, em caráter provisório, 349 agentes de combate a endemias. Durante a sessão, as galerias foram ocupadas por quase cem ex-agentes de combate a endemias, oriundos do último contrato, encerrado no ano passado.

Na justificativa do projeto, o governador afirma que o Amapá tem um alto índice de doenças endêmicas, destaca que o Estado não teve êxito em alcançar as metas de redução e ressalta a excepcionalidade e o interesse público do projeto.

Para o líder do governo, deputado Dr. Furlan (PTB), o projeto é muito importante, por ajudar a prevenir as endemias e por criar novos postos de trabalho. “Os agentes de combate às endemias prestam um trabalho maravilhoso. Um papel de prevenção, principalmente neste período chuvoso em que nos encontramos no Estado. Em 2017, tivemos uma redução significativa dos casos de dengue, zika vírus e chikungunya, em razão da atuação muito forte desses agentes de combate às endemias”, disse.

“No breve período em que o Estado ficou descoberto, em virtude de haver expirado o contrato, tivemos um aumento no índice dessas doenças, especialmente da malária. A aprovação desse projeto pela Assembleia Legislativa significa, de um lado, a abertura de 349 novos postos de trabalho, em momento de crise, fazendo com que essas famílias tenham oportunidade de emprego e renda; de outro, a prevenção, que é a principal medida que o governo pode tomar”, assegurou Dr. Furlan.

Com informações da Assembleia Legislativa do Amapá