Duciomar apresenta o Programa de Aperfeiçoamento e Geração de Emprego

PTB Notícias 2/07/2009, 17:26


Um café da manhã realizado na última terça-feira (30/6), no Palácio Antônio Lemos, reuniu o secretariado municipal da Prefeitura de Belém e representantes do empresariado da capital paraense para a apresentação, pelo prefeito Duciomar Costa, do Programa de Aperfeiçoamento e Geração de Emprego (Proage), projeto que tem como objetivo capacitar o trabalhador e incentivar a geração de emprego.

O objetivo do Proage é qualificar o cidadão de acordo com as exigências do mercado de trabalho local para as diferentes áreas.

“Analisar as demandas dos empregadores e qualificar mão-de-obra para cada uma delas.

Para isso é que se propõe esta iniciativa”, sintetizou o coordenador geral do Fundo Ver-o-Sol, Helder Mello.

O órgão da prefeitura é o responsável por preparar e encaminhar jovens ao primeiro emprego, além de oferecer capacitação para aquelas pessoas que buscam inserção no mercado de trabalho ou o reforço na renda familiar, mas não têm condições financeiras para custear cursos profissionalizantes.

Helder Mello destacou a importância do Proagepara a ocupação de nichos ociosos do mercadoHelder lembrou que, atualmente, muitos cursos certificam o trabalhador, mas não o insere no mercado.

“Temos casos de pessoas que foram capacitadas a atuarem em determinado ramo, mas depois de formadas não encontraram espaço para colocar isso em prática.

Isso acaba inviabilizando a principal finalidade desse processo, que é a geração de emprego.

Temos que saber o que a indústria, o comércio e o setor de serviços querem.

A parceria nos permitirá descobrir o perfil do profissional requerido e preparar essa mão-de-obra para disponibilizá-la ao mercado”, ressaltou.

Para o secretário municipal de Economia, João Amaral, o projeto vem fechar um ciclo.

“Conseguir uma vaga no mercado de trabalho já é algo, por si só, visto como um desafio, e se o profissional ainda não tem a qualificação devida esse problema fica mais complexo ainda.

Agora podemos sanar essa discrepância”, comentou.

“A partir de agora será diferente, ele já sairá da capacitação com uma vaga garantida no mercado”.

Representantes de empresariado prestigiaramo lançamento do programa da PrefeituraO representante do sindicato dos lojistas de Belém (Sindlojas), Joy Colares, também participou do lançamento do Proage e elogiou a iniciativa da Prefeitura.

“O empresariado paraense é carente de mão-de-obra especializada.

Temos sido grandes parceiros da Prefeitura, incusive na promoção de cursos profissionalizantes, e somos potenciais contratadores dessa mão-de-obra que será preparada.

Qualquer medida que proporcione a melhoria da qualidade de vida e a geração de renda da população terá sempre nosso total apoio”, ressaltou.

O prefeito de Belém, Duciomar Costa, agradeceu os presentes que atenderam ao convite para participar do projeto.

“Temos a necessidade de aliar a qualificação à geração de emprego e renda da população mais carente de Belém.

O desemprego é uma preocupação que infelizmente aflige boa parcela da população”.

E citou o trabalho realizado no Restaurante Popular, de qualificação de cozinheiros e garçons.

“Unimos, em João Amaral exaltou os benefícios do Proagepara a economia formal do municípiouma única frente de trabalho, os serviços oferecidos pelo restaurante e a qualificação dos profissionais que atuam no espaço”, explicou.

Para o prefeito, com a união de forças entre o empresariado e a Prefeitura de Belém o sucesso do projeto estará garantido, beneficiando principalmente as pessoas que precisam do primeiro emprego.

Convênio – O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA) e o Fundo Ver-o-Sol assinaram um convenio de cooperação técnica para a capacitação e qualificação de mão-de-obra, o que poderá repercutir positivamente no desempenho do Proega.

“Nós temos os projetos e o Fundo, os recursos.

Essa parceria só vêm a somar pontos para o mercado local e para o profissional, que estará melhor preparado para atender as novas demandas”, comentou o diretor superintendente a entidade, Sebastião Miranda, que destacou o incentivo ao empreendedorismo como alternativa para a geração de emprego e renda daqueles que não tiveram a oportunidade de formação técnica ou acadêmica.

fonte: site da Prefeitura de Belém (PA)