Duciomar Costa entrega à população de Belém avenida revitalizada

PTB Notícias 30/10/2007, 8:14


O dia 27 de outubro de 2007 ficará gravado na memória de todos os moradores da Avenida Duque de Caxias e arredores, bem como na história da capital do estado do Pará.

Nessa data, o prefeito de Belém, o petebista Duciomar Costa, entregou oficialmente à população a nova e revitalizada Avenida Duque de Caxias.

A solenidade se transformou em uma festa que reuniu centenas de pessoas e contou com um espetáculo pirotécnico, homenagem aos servidores pela passagem do Dia do Funcionário Público e caminhada da população, junto ao prefeito Duciomar Costa, da Dr.

Freitas até o Santuário de Fátima.

Em ambos os locais foram descerradas placas comemorativas.

Em frente ao santuário, também foi inaugurado um obelisco.

Passava pouco das 19 horas, quando o prefeito Duciomar, após as bênçãos do pastor Josué Bengston e do padre Eloy, declarou inaugurada a avenida, que será o primeiro corredor ecológico da cidade.

A inauguração foi seguida por uma apresentação da banda da Guarda Municipal (GBel).

Durante todo o sábado, a Prefeitura Municipal desenvolveu uma série de ações educativas ao longo de toda a extensão da avenida.

Secretários e servidores da CTBel, Sesan, Semma, Semec, Sesma, Funpapa e Belemtur estiveram posicionados estrategicamente para orientar população e a imprensa sobre a obra, que já se tornou uma referência na cidade.

O prefeito caminhou com a população pela viaA professora aposentada Aurora Castro, de 79 anos, há 32 morando na avenida, declarou que nesse tempo todo nunca viu algo parecido.

“Em relação à limpeza, ao tráfego, está tudo perfeito.

Aos 79, não precisava mais votar.

Mesmo assim faço questão de agradecer ao prefeito.

Estou amando a minha Duque”, comemorou.

A mesma opinião foi compartilhada por Maria Arlete Queiroz, residente, há 23 anos, no perímetro compreendido entre as travessas Vileta e Humaitá.

“Não podia ter ficado mais bonita.

Foi um trabalho muito bem feito.

Realmente houve uma mudança.

Para nós, moradores, melhorou o tráfego, a travessia, tudo.

Agora, só esperamos que a população conserve”, afirmou.

Ao final da festa de inauguração, ainda houve tempo para a promoção de sorteios entre moradores e funcionários públicos municipais.

Uma moradora do bairro da Marambaia e servidora do município foi contemplada com um automóvel.

Também foram sorteados outros prêmios, como televisão e DVDs.

Cidadania Coube à CTBel mobilizar os seus servidores no sentido de conscientizar a população em geral sobre a importância da educação no trânsito.

A idéia é transformar a avenida em modelo de referência em segurança no trânsito.

Pelos próximos quinze dias, agentes de trânsito da Companhia ficarão posicionados ao longo da avenida para orientar motoristas e pedestres sobre travessias nos locais de grande circulação.

Pela manhã, Duciomar Costa esteve presente a obraEntre as novidades que a nova Duque traz está a Faixa Cidadão.

A adaptação das calçadas ao longo da avenida vai facilitar a locomoção de cadeirantes e deficientes visuais.

O novo corredor de tráfego de Belém possui calçadas e rampas adaptadas a portadores de necessidades especiais em toda a sua extensão, além de faixas para travessia de pedestres.

“Agora nós temos um meio de andar sem ter nem um obstáculo pelo caminho.

Isso é gratificante para nós, que somos deficientes e temos limitações quanto às barreiras arquitetônicas”, comentou Eliomar Lameira Filho, 43 anos, deficiente visual.

Segundo ele, esse é somente um dos problemas enfrentados pelos PNEs.

“Toda iniciativa que contempla os deficientes nos deixa gratificados e passa a ser uma referência a partir daquele momento”, observou.

O funcionário público Edmilson Silva, moradora da Duque e pai de Tâmara, uma jovem cadeirante, compartilhou a alegria da filha.

“Está tudo maravilhoso.

Parabéns ao prefeito de Belém e toda sua a equipe.

A minha filha vai poder, a partir de agora, ir e vir com muito mais segurança e confiança.

Como ela, várias pessoas precisam de calçadas como a da Duque.

Que outras faixas cidadãs continuem a encher as travessas, ruas e avenidas”, sugeriu, visivelmente emocionado.

Asfalto e Meio ambiente No recapeamento da Duque, foi utilizado um tipo de asfalto adequado ao clima chuvoso de BelémNo recapeamento da Duque, a Prefeitura Municipal de Belém optou pela utilização de um tipo de asfalto adequado ao clima chuvoso da capital paraense, com maior resistência do que os convencionais.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), a vida útil da cobertura asfáltica da avenida é maior e a permeabilização do solo é melhor.

Com isso o asfalto absorve melhor a água das chuvas, impedindo a formação de alagamentos.

No que diz respeito à conscientização ambiental, a idéia de implantar um corredor ecológico na Duque de Caxias surgiu ainda no esboço do projeto de revitalização da avenida.

Os canteiros arborizados formam um elo entre o meio ambiente e a paisagem urbana.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) fez o ordenamento das espécies arbóreas ao longo da avenida.

Foram utilizadas mudas de ipês, mangueiras e palmeiras de açaí, intercaladas com mais de 240 mil forrações ornamentais de diversas espécies.

Ações As ações que marcaram as comemorações pela inauguração da nova Duque tiveram início pela manhã com as campanhas educativas da CTBel, apoiadas pela Coordenadoria Municipal de Turismo (Belemtur), a quem coube a tarefa de apresentar a nova via com ponto turístico da cidade, além de mostrar a alternativa de rota para o acesso de turistas ao aeroporto.

Ações educativas marcaram o dia de inauguraçãofonte: site da Prefeitura Municipal de Belém