Duciomar Costa ganha prêmio nacional com o projeto Vila da Barca

PTB Notícias 31/03/2007, 8:52


O projeto habitacional da Vila da Barca, implementado pela Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) da Prefeitura de Belém, foi premiado como um dos melhores do Brasil durante a 53ª Reunião Conjunta do Fórum Nacional de Secretários de Habitação (FNSH) e da Associação Brasileira de Cohabs (ABC), realizada nesta quinta (29/03) em Palmas (TO).

O prefeito de Belém, o petebista Duciomar Costa, recebeu o Selo de Mérito 2006 em solenidade realizada no auditório do Palácio Araguaia que contou com a presença de autoridades como os governadores do Tocantins, Marcelo Miranda, de Goiás, Alcides Rodrigues, e do Ministro das Cidades, Márcio Fortes de Almeida.

A premiação foi entregue a 12 projetos de capitais brasileiras que mais se destacaram em 2006.

O objetivo do prêmio é incentivar iniciativas voltadas à construção de moradias para famílias de baixa renda.

A escolha envolveu 27 programas, de todas as capitais brasileiras, submetidos à avaliação do comitê de tecnologia do Ministério das Cidades, da Caixa Econômica Federal e da comissão de desenvolvimento da Câmara Federal.

Após uma rigorosa seleção, o Projeto da Vila da Barca rendeu à Belém reconhecimento nacional não apenas pelo foco habitacional, mas também pela abrangência e impacto positivo em comunidades de baixa renda, em função da adequação das obras de engenharia às políticas públicas, voltadas para a educação ambiental e geração de emprego e renda para a comunidade contemplada.

Para o prefeito petebista Duciomar Costa, o reconhecimento nacional do projeto da Vila da Barca trás maior motivação à equipe da prefeitura envolvida nas obras que trazem mais qualidade de vida à população.

“Ver um projeto de Belém ser escolhido como um dos melhores do Brasil, nos leva a querer realizar ainda mais ações como esta, que tira famílias do meio da lama e garante condições dignas à população”, afirmou.

O governador do Tocantins, Marcelo Miranda, afirmou estar unido a iniciativas como a realizada em Belém de forma a diminuir o déficit habitacional existente, ressaltando a disposição do Ministério das Cidades em dispor de recursos para investimentos nesta área.

Já o ministro das Cidades, Márcio Fortes, afirmou ser fundamental a participação direta de prefeitos e governadores na discussão da questão habitacional, pois “são eles que estão lá na ponta, lidando com as questões práticas das obras, como as questões ambientais e operacionais”.

Projeto – O Conjunto habitacional da Vila da Barca, da Sehab, vai mudar a vida de aproximadamente 2,5 mil pessoas que vivem às margens e no entorno do Rio Guamá, no bairro do Telégrafo, onde se encontra a maior concentração de casas de palafitas da capital.

O projeto concretiza um antigo sonho das famílias do local, que há 50 anos esperavam ver a situação habitacional solucionada, o que só está sendo realizado nesta gestão.

A primeira etapa das obras foi concluída em 2006 e até o final deste semestre serão entregues 136 dos 624 apartamentos que ficam prontos até 2008.

As obras agora priorizam a implantação da infra-estrutura urbana, como iluminação pública e sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, necessária para a ocupação das famílias.

A segunda e terceira etapas do conjunto habitacional da Vila da Barca vão começar a ganhar cara de orla com uma ampla área de lazer que engloba quadra poliesportiva, galeria de arte, praça de alimentação, barracão de escola de samba, centro cultural com laboratório de informática e biblioteca e, ainda, quatro igrejas.

Habitação – Durante a manhã da quinta, as prefeituras vencedoras do Selo de Mérito 2006 apresentaram os programas premiados para uma platéia constituída de secretários Estaduais e Municipais de Habitação, presidentes de Companhias de Habitação, além de diversas autoridades e convidados.

O secretário municipal de habitação de Belém, Paulo Queiroz, foi responsável por apresentar, de forma detalhada, o andamento e resultados das obras do conjunto habitacional da Vila da Barca.

“As pessoas se emocionaram ao ver a dimensão do que estamos realizando” afirmou o secretário.

Ainda no primeiro dia da 53ª Reunião Conjunta entre FNSH e ABC, Queiroz, se tornou um dos suplentes da diretoria do Fórum Nacional de Secretários de Habitação (FNSH), após eleição que definiu o quadro diretor da Instituição para o período que vai de março de 2007 a março de 2008.

fonte: site da Prefeitura de Belém (PA)