Dunga Júnior propõe inserção de tipo sangüíneo em carteira estudantil

PTB Notícias 30/09/2009, 7:44


Aglizar o atendimento aos estudantes paraibanos em hospitais, casas de saúde e até mesmo no serviço prestado por ambulâncias.

Esse é objetivo do deputado Dunga Júnior (PTB-PB), que apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa da Paraíba, obrigando a inscrição na identidade estudantil do tipo sanguíneo e deficiências que exijam atendimento especial, a exemplo de cardiopatia e alergias.

O deputado Dunga Júnior disse que a demora na identificação do tipo sanguíneo de pessoas que precisam de atendimento médico tem causado um número elevado de mortes.

“Com a identificação do tipo sanguíneo, bem como de outras informações sobre a saúde do estudantes, estaremos garantindo uma maior agilidade no pronto-atendimento”, disse.

Dunga Júnior esclareceu que a iniciativa não trará qualquer transtorno administrativo ao Estado, uma vez que a maioria da população já ter acesso a esses dados.

“Além disso a implantação dos dados na carteira não vai trazer nenhum custo adicional em sua confecção”, destacou.

De acordo com a iniciativa do parlamentar petebista, os formulários de solicitação de carteiras estudantis deverão trazer a informação de que os dados fornecidos pelo aluno são de sua inteira responsabilidade.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia nesta terça-feira (29), e agora segue para plenário para votação.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Assembleia Legislativa da Paraíba