“É preciso acompanhar MP da Transposição até o fim”, defende Nilton Capixaba

PTB Notícias 19/04/2018, 9:29


Imagem Crédito: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1524151421980{margin-bottom: 0px !important;}”]Aguarda votação, pelo plenário da Câmara dos Deputados, a medida provisória que regula a transposição de servidores dos antigos territórios de Amapá, Rondônia e Roraima para os quadros do governo federal (MP 817/18).

O deputado Nilton Capixaba (PTB-RO), que foi relator-revisor da MP na comissão mista onde a matéria foi aprovada, declarou que a vitória inicial no colegiado foi importante. Entretanto, ressaltou que a medida continua em análise no Congresso Nacional.

“Agora, é necessário ficarmos atentos aos próximos passos da tramitação, para garantirmos o êxito das demandas de vários servidores”, destacou.

Capixaba conseguiu aprovar 11 emendas de um total de 14 apresentadas à medida provisória. Elas beneficiaram técnicos em agropecuária e servidores das Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), do Banco do Estado de Rondônia (Beron), da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) e da Loteria Estadual de Rondônia (Lotoro).

Além disso, favoreceram servidores municipais, de tribunais (grupo Tributação, Arrecadação e Fiscalização – TAS) e militares. Também beneficiaram pensionistas e servidores aposentados pelo Estado de Rondônia até 1987, admitidos regularmente pela União.

Com informações da assessoria do deputado Nilton Capixaba (PTB-RO)[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]