‘É preciso fazer com que Gravatá ande no ritmo do Estado’, diz Armando

PTB Notícias 5/12/2011, 11:38


O presidente do Diretório do PTB de Pernambuco, senador Armando Monteiro, defendeu no último sábado (03/12/2011), em Gravatá (PE), que as lideranças locais promovam a união de esforços para estabelecer os rumos do desenvolvimento do município.

Armando foi recebido por cerca de 500 lideranças empresariais, políticas e da sociedade, durante almoço de confraternização promovido por Bruno Martiniano, pré-candidato do PTB à Prefeitura de Gravatá em 2012.

“Gravatá tem que estar incorporada a esse momento de construção e de esperança que vivemos em Pernambuco”, ressaltou Armando, dirigindo-se a Bruno e ao prefeito Ozano Brito (PSDB).

“Por isso, Bruno e Ozano têm uma grande responsabilidade, de fazer com que Gravatá ande no ritmo de Pernambuco.

E para que isso aconteça é preciso que todos se juntem e se reúnam para oferecer a Gravatá um projeto que acelere o passo do desenvolvimento.

“Elogiando a trajetória política e a relação profunda de Bruno Martiniano com Gravatá, Armando Monteiro demonstrou otimismo em relação a uma possível vitória do partido.

“Eu tenho certeza, Bruno, que você está pronto, está maduro para, com humildade, convocar o povo dessa terra e que, com isso, possamos construir essa vitória no próximo ano”.

“É possível reunir a inteligência de Pernambuco, e de pessoas que possam nos apontar rumos para que a base econômica de Gravatá se diversifique e se amplie, seja pela sua vocação na área de serviços, seja por um impulso novo e vigoroso no setor industrial, seja numa articulação com a base agropecuária do município, que se possa efetivamente dinamizar o desenvolvimento e fazer com que Gravatá assuma o lugar que lhe é reservado na vida econômica de Pernambuco”, completou Armando.

O senador elogiou ainda o prefeito Ozano Brito e Bruno Martiniano por fazerem política sem se agredirem.

“Hoje temos que celebrar esta demonstração de civilidade e de grandeza, o que a presença do prefeito Ozano Brito bem traduz, que Gravatá está vivendo outro tempo, de convivência democrática, em que os adversários que discordam podem contrapor ideias e projetos, mas não precisam resvalar para o plano menor, da ofensa, do agravo, que nada constrói, nem na vida e nem muito menos na política”, frisou.

O evento reuniu ainda os deputados federais Jorge Côrte Real e Silvio Costa, e os estaduais José Humberto Cavalcanti e Silvio Costa Filho, todos do PTB.

Durante saudação aos presentes, o prefeito Ozano Brito fez questão de dizer que mantém há muitos anos uma relação de respeito e amizade com Bruno Martiniano, apesar de terem sido adversários nas últimas eleições municipais.

“Fomos adversários, mas jamais inimigos.

Mesmo que em 2012 estejamos em palanques diferentes, Bruno, vamos fazer uma campanha com grandeza e de maneira respeitosa”, disse o prefeito.

Bruno Martiniano, que foi intensamente saudado como candidato a prefeito por Armando e pelos deputados, fez questão de agradecer o gesto civilizado de Ozano Brito.

Afirmou que sempre se respeitaram e mantiveram uma relação fraterna.

Além disso, acrescentou: “Somos da mesma base do governo Eduardo Campos e temos muito respeito um pelo outro”.

Em seu discurso, Armando Monteiro disse também que “esse momento de civilidade nos remete à dimensão do momento que Pernambuco vive, sob a liderança de um grande governador, que é Eduardo Campos, que pôde, com o seu trabalho, com a sua forma dinâmica de atuar, com a sua capacidade de articulação, reunir os pernambucanos e construir em muito pouco tempo um grande projeto de governo, que tem efetivamente assegurado a Pernambuco conquistas importantes”.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do site do senador Armando Monteiro (PTB-PE)Foto: Divulgação/Site do senador Armando Monteiro