‘É um programa que vem dando resultados imediatos’, diz Marcus Vinícius

PTB Notícias 2/02/2012, 13:02


A implantação do programa “Academia da Terceira Idade” (ATI) no Estado do Rio, uma indicação legislativa do deputado estadual Marcus Vinícius (PTB-RJ), foi aprovada na túltima erça-feira (01/02/2012) na abertura do exercício 2012 da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj).

A Mesa Diretora da Alerj vai oficiar o governo do Estado apontando que ele crie o programa cujo público alvo são as mais de 2,1 milhões de pessoas acima dos 60 anos, o que faz o Estado do Rio ter o maior número de idosos do país.

O programa já existe no município do Rio, onde foram criadas 39 academias que reúnem seis mil usuários.

“O município do Rio ambiciona chegar à faixa dos 20 mil usuários das Academias da Terceira Idade até o final do ano.

É um programa que vem dando resultados imediatos e impacta na redução de gastos na rede de saúde porque estamos falando, além de entretenimento para idosos, em saúde preventiva”, afirma Marcus Vinicius.

O parlamentar acompanha de perto as ATIs na capital e aponta o baixo custo de equipamentos e manutenção como fatores favoráveis para que elas se estendam aos outros 91 municípios fluminenses.

As Academias são compostas por 10 aparelhos que permitem o desenvolvimento de exercícios de força e flexibilidade, atendendo diretamente às necessidades dos idosos.

As aulas, supervisionadas por um profissional de educação física, acontecem diariamente.

Algumas unidades funcionam em praças públicas e outras estão instaladas em postos de saúde e em clínicas da família.

Os estudos realizados por postos de saúde onde foram implantadas as academias revelam que o número de consultas e consumo de remédios das pessoas acima dos 60 anos de idade diminuiu em 30%.

“O espaço físico não precisa ser enorme e muitas vezes é possível implantar a Academia junto a estruturas já existentes.

Isso permite a expansão do programa em pouco tempo e com eficiência”, observa Marcus Vinícius, vice-presidente da Comissão de Assuntos da Criança, Adolescente e Idoso da Alerj.

A primeira Academia, na capital, foi inaugurada na Praça Serzedelo Correia, coração de Copacabana, bairro com a maior população idosa da cidade em 2009.

Outras 38 academias foram instaladas deste então e a meta da prefeitura carioca é chegar a 80 delas ao final de 2012.

Agência Trabalhista de Notícias (PB), com informações do site Tribuna de Petrópolis