Edson Ferrarini homenageia 183 anos da Polícia Militar de São Paulo

PTB Notícias 9/12/2014, 16:11


Comemorando 183 anos, a Polícia Militar do Estado de São Paulo foi homenageada em sessão solene realizada na sexta-feira (5/12/2014) por solicitação do deputado Edson Ferrarini (PTB).

“Essa homenagem é um reconhecimento do povo de São Paulo à sua Polícia Militar pelos relevantes trabalhos”, afirmou Ferrarini.

O petebista recriminou a maneira como a corporação tem sido tratada pela imprensa, até em comparações com a polícia norte-americana, que, segundo noticiário, é responsável por um número de mortes menor que o da instituição paulista.

A PM faz com que São Paulo tenha um dos mais baixos índices de criminalidade do Brasil, ponderou o deputado.

“A polícia de São Paulo tem muito mais confrontos do que a polícia americana.

Nos Estados Unidos, o bandido é preso e fica na cadeia; para ter qualquer benefício precisa cumprir 85% da pena.

Aqui o bandido logo é solto e temos que prendê-lo novamente”, avaliou Ferrarini.

Segundo o parlamentar, o sistema penitenciário brasileiro está “falido” e 70% das pessoas que passam por ele voltam a cometer crimes.

O comandante-geral da PM do Estado, coronel Benedito Roberto Meira, lembrou que a homenagem reforçava o compromisso da corporação com a ordem pública.

Ele destacou ainda que a sociedade precisa mostrar que se importa com o policial.

Segundo ele, no ano passado, 369 PMs foram mortos fora de serviço e 120 em serviço.

“Precisamos valorizar a vida do policial”, completou.

Meira reportou recente visita que fez ao complexo da Maré, no Rio de Janeiro, ocupada pelo Exército no primeiro semestre, para afirmar que na capital paulista não existe uma única comunidade em que a polícia não se faça presente nem há local no Estado que esteja sob domínio de facção criminosa.

Durante a sessão solene, 36 coronéis da PM foram agraciados com a Medalha do Sesquicentenário da Polícia Militar, instituída em 1981 com o objetivo de galardoar civis, militares e instituições que tenham prestado serviços relevantes à corporação.

As medalhas foram entregues por Meira e pelo subcomandante-geral da PM, coronel Leônidas Pantaleão de Santana, ambos também agraciados em solenidade ocorrida momentos antes, no Salão Nobre da Presidência.

Participaram ainda do evento, entre outras autoridades, o delegado-geral de polícia do Estado, Luiz Maurício Blazeck, e o chefe da Seção de Comunicação Social do Comando Militar do Sudeste, coronel Ricardo Carmona, representando o titular do CSE, general João Camilo Pires de Campos.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência de Notícias da AlespFoto: Maurício Garcia/Alesp