Edson Shimabukuro acompanha blitz em bairros de Campo Grande (MS)

PTB Notícias 10/06/2016, 9:02


O problema das obras inacabadas persistea em Campo Grande (MS).

Na manhã de quarta-feira (08/06/16), o vereador Engenheiro Edson Shimabukuro (PTB), juntamente com os vereadores Chiquinho Teles ( PSD), e Airton Araujo (PT), constatou que mais obras que estão paralisadas em bairros como o Nashiville.

A paralização gera desperdício de materiais, como no caso do CEINF que está apenas com a fundação feita e repleta de mato na sua volta.

O vereador Shimabukuro também acompanhou as visitas feitas no CEINF (Centro de Educação Infantil) Valdemir Corrêa e no CRAS ( Centro de Referência de Assistência Social) Dr.

Fauze Dualibi Amizo no bairro Canguru, e, com sua experiência como engenheiro, pôde verificar que os banheiros construídos não estão sendo usados da maneira correta.

No caso do CEINF o banheiro dos funcionários está ao lado da dispensa dentro da cozinha da creche, irregular perante as leis sanitárias.

Já no CRAS há banheiros sendo usados como depósito.

“Quando construímos prédios como este CRAS visitado sabemos da necessidade do uso, já que milhares de pessoas visitam o local diariamente, e quando verificamos que há banheiros suficientes para o perfeito uso, mas estão sendo usados para outras finalidades, isto acaba nos aborrecendo, afinal não estão sendo aproveitados como deveriam” explicou shimabukuro.

Durante a visita aos moradores que foram removidos do Dom Antônio para o bairro Canguru os vereadores constataram o descaso com as famílias que foram colocadas ali com péssimas condições, sendo que apenas algumas ganharam lona e prego para levantarem seus barracos.

” É triste ver as condições que inúmeras famílias estão vivendo neste local que foram colocadas sem as mínimas estruturas e condições básicas necessárias.

Crianças sem escolas, mães que reclamam dos filhos doentes devido a falta do esgoto encanado dentre outras reclamações ouvidas durante a nossa visita”, destacou o vereador.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Câmara Municipal de Campo Grande (MS) Foto: Divulgação/Assessoria